Abbas anuncia convocação iminente de eleições palestinas

O presidente palestino Mahmud Abbas anunciou nesta terça-feira que vai convocar em breve novas eleições nos territórios palestinos ante a impossibilidade de reconciliação com os adversários do Hamas, que controla a Faixa de Gaza desde 2007.

AFP |

"Vamos convocar muito em breve eleições presidenciais e legislativas da Autoridade Palestina na Cisjordânia e Faixa de Gaza", afirmou Abbas à imprensa.

Abbas já havia afirmado em novembro que as eleições seriam convocadas em caso de fracasso do processo de reconciliação com o Hamas.

O Hamas, que controla o Parlamento da Autoridade Palestina - cujo mandato conclui em janeiro de 2010 - rejeita a realização de eleições gerais conforme vontade de Abbas.

"Eles chegaram ao Parlamento pelas urnas e têm que aceitar de novo o veredicto das urnas. A democracia não se pratica apenas uma vez", afirmou Abbas.

"Se vencerem, serão bem-vindos, mas se não vencerem, terão de aceitar os resultados", acrescentou o presidente palestino, que pertence ao Fatah, movimento adversário do Hamas.

Abbas se declarou a favor da presença de observadores internacionais para vigiar o desenvolvimento dessas eleições que, assegurou, serão transparentes.

Depois de um ano e meio de coexistência difícil no poder, o Hamas expulsou o Fatah em junho de 2007 da Faixa de Gaza, território que controla desde então.

Abbas deu prazo até o fim do ano ao Hamas para aceitar um diálogo de reconciliação porque, caso contrário, convocará eleições gerais.

Estava previsto que o partido de Abbas, o Fatah, e o Hamas mantivessem um diálogo de reconciliação no Cairo em 10 de novembro passado, mas o encontro foi cancelado depois que o movimento islamita decidiu boicotá-lo para protestar contra as detenções políticas de seus membros na Cisjordânia.

na-ezz/cn/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG