Abba entra no Hall da Fama do Rock apadrinhado pelo Bee Gees

Nova York, 15 mar (EFE).- O grupo musical sueco Abba, extinto em 1982, entrou hoje para o Hall da Fama do Rock dos Estados Unidos, apadrinhados pelo Bee Gees, outra banda que marcou época nos anos 70 e 80.

EFE |

Benny Anderson e Anni-Frid Lyngstad, ex-membros do quarteto sueco, participaram da cerimônia em um hotel de Nova York, representando o grupo que entra para uma galeria que tem mais de 600 nomes que fizeram história no mundo da música.

O ato marcou o reencontro de Anderson e Anni-Frid, que se casaram em 1978 e se divorciaram um ano antes que Abba decidiu parar de gravar e se apresentar.

Os outros dois membros da banda, Björn Ulvaeus e Agnetha Fältskog, que também formaram um casal amoroso, não participaram da cerimônia.

A relação entre o grupo sueco e seus apresentadores durante a cerimônia, os membros do Bee Gees, vem de longe. Em 1979 as duas bandas, junto a outros músicos, participaram da gravação da música "Put a Little Love In Your Heart", destinada a arrecadar fundos para as Nações Unidas.

Apesar dos quase 30 anos de inatividade, a música do Abba segue fazendo sucesso, por exemplo, através da peça teatral "Mamma Mia", que estreou em 1999 e ainda hoje é protagonizada por grupos de teatro em diferentes países, e ganhou uma adaptação cinematográfica, protagonizada por Meryl Streep e Pierce Brosnan.

Durante a cerimônia foram apresentados outros 11 novos membros da instituição. Destaques para a banda britânica Genesis, o grupo de rock americano The Stooges (liderado por Iggy Pop) e o cantor de reggae jamaicano Jimmy Cliff, apresentado pelo haitiano Wyclef Jean.

EFE apt/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG