Abalo de 6,1 graus na escala Richter atinge sudoeste de Sichuan

Pequim, 1 ago (EFE) - Uma réplica de 6,1 graus na escala Richter atingiu hoje a área da província sudoeste de Sichuan que, em maio, sofreu um devastador terremoto de 8,0 graus e deixou quase 90 mil mortos e desaparecidos. Segundo informou a agência Xinhua, o movimento sísmico foi registrado às 16h32 (5h32 em Brasília) e o epicentro foi localizado entre os condados de Pingwu e Beichuan, dos mais afetados pela catástrofe de maio, sem que, por enquanto, tenham sido reportados mortos. O Centro Sísmico da China informou que o tremor foi sentido na capital provincial Chengdu e seguiu outra réplica de 3,9 graus registrada às 10h41 (hora local). Os sismólogos chineses registraram 21.245 réplicas desde que, em 12 de maio, ocorreu o fatal terremoto de Sichuan.

EFE |

EFE pa/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG