A situação no Afeganistão é perigosa, diz Obama

A situação no Afeganistão é perigosa, e vai levar tempo para melhorar, declarou nesta quinta-feira o presidente americano, Barack Obama, que acaba de nomear um emissário para a região.

AFP |

"O povo americano e a comunidade internacional têm de entender que a situação é perigosa, e que vai levar tempo para melhorar", disse o presidente durante uma visita ao departamento de Estado.

Obama fez uma panorama sombrio da situação no país, onde dezenas de milhares de soldados da Otan tentam acabar com os rebeldes talibãs que ameaçam o frágil governo do presidente Hamid Karzai.

"A violência está explodindo no Afeganistão. Uma insurreição mortal está ganhando força, o tráfico do ópio é, de longe, o mais importante do mundo, o governo afegão se mostrou incapaz de garantir os serviços básicos à população e a Al-Qaeda e os talibãs estão atacando a partir de bases instaladas em zonas tribais de acesso difícil na fronteira paquistanesa", enumerou o presidente.

vog/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG