A ciência avança para a descoberta da capa da invisibilidade

Cientistas americanos e chineses fizeram um novo avanço em termos de invisibilidade ao produzir um sistema que se aproxima um pouco da capa usada pelo personagem Harry Potter, segundo um estudo publicado na revista Science.

AFP |

Estes cientistas foram os primeiros a demonstrar que a invisibilidade era possível, ao fabricarem um protótipo em 2006 com o teórico britânico Sir John Pendry.

Esse artifício é muito utilizado em histórias de ficção científica, como o 'cloaking device' (dispositivo de invisibilidade) visto em "Jornada nas Estrelas/Star Trek".

O fenômeno da invisibilidade é similar aos espelhismos que são vistos à distância quando se percorre uma estrada num dia muito quente de verão, explicou David Smith, da Universidade Duke, da Carolina do Norte, e principal autor do estudo.

"Às distância parece que a estrada está coberta de água, mas, na realidade, é um reflexo do céu", prosseguiu.

"Da mesma forma, estamos conseguindo um espelhismo de engenharia ao elaborar esta capa".

Os cientistas, apoiados pelo Centro de Pesquisa Científica da Força Aérea americana, elaboraram uma série de complexas fórmulas matemáticas que lhes permitiu criar o que eles chamaram de "metamateriais", que não existem na natureza e são capazes de tornar os objetos invisíveis.

Graças aos "metamateriais", os raios infravermelhos e a luz visível deslizam sobre os objetos, um pouco como a água sobre as rochas, e fazem com que estas não possam ser vistas.

"Este conceito deve nos ajudar a entender e melhorar nossa capacidade de tornar visíveis os diferentes tipos de ondas luminosas sobre os objetos", destacaram os autores do estudo.

A nova capa de invisibilidade, que mede 50,8 cm de extensão, 10,16 cm de largura e 2,54 cm de altura, é formada por mais de 10.000 pedaços de fibra de vidro, dos quais 6.000 são diferentes entre si e distribuídos em fileiras paralelas.

As formas que essas peças e os ângulos estão dispostas permitem desviar as ondas eletromagnéticas e tornam os objetos que envolvem invisíveis.

js/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG