A cada 30 segundos, nasce um bebê com malformação genética na China

Na China, a cada 30 segundos, nasce um bebê portador de malformação genética, em parte explicada pela poluição que atinge, principalmente, as zonas produtoras de carvão do país, indica neste domingo o jornal China Daily, citando responsáveis pelo planejamento familiar.

AFP |

Segundo a edição do final de semana do China Daily, no total, 1,1 milhão de bebês nascidos anualmente na China apresentam uma anomalia física, ou seja, 7% dos nascimentos no país mais povoado do mundo.

"O número aumenta constantemente, sejam nas zonas urbanas quanto rurais", informou Jiang Fan, vice-ministra encarregada da Comissão de planejamento familiar, citada pelo China Daily.

A província de Shanxi, rica em carvão e com uma grande indústria química, registra a maior taxa de nascimento de bebês com problemas congênitos, o que é atribuído por cientistas ao aumento à exposição a dióxido de nitrogênio e monóxido de carbono.

ph/fka/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG