A 2 dias do Carnaval, Grande Rio faz show com sambas tradicionais

Rio de Janeiro, 18 fev (EFE).- A Velha Guarda da Grande Rio fez uma apresentação hoje em uma rádio no Centro do Rio de Janeiro e mostrou um repertório repleto de sambas tradicionais.

EFE |

O grupo formado por dez baluartes da escola de Duque de Caxias fez um pequeno show no auditório da "Rádio MEC" e cantou sucessos como "Ai, que saudades de Amélia", de Mário Lago, e "Jura", de Sinhô, recentemente regravada por Zeca Pagodinho. A apresentação também incluiu o samba "Contos de Areia", com o qual a Portela ganhou seu último título, em 1984.

Maria da Conceição Lau faz parte da Velha Guarda da escola há sete anos e disse que só entrou para a agremiação após a morte de seu marido, após um casamento de 30 anos.

"Só entrei para a Grande Rio após criar meus seis filhos e a morte de meu marido. Desfilei na ala das baianas por 15 anos, até chegar à Velha Guarda, de onde não arredo o pé", disse à Agência Efe.

O ritmista Dagoberto Pereira, por sua vez, disse que o segredo da união da Velha Guarda é o clima de descontração entre os seus integrantes.

"Somos uma família. Não tem fofoca. Na hora de falar sério, somos sérios. Na hora do lazer, é brincadeira", disse à Efe.

Em busca de seu primeiro título no Grupo Especial das escolas de samba do Rio de Janeiro, a Grande Rio levará à Marquês de Sapucaí o enredo "Voilà, Caxias! Para sempre liberté, egalité, fraternité.

Merci beaucoup, Brésil! Não tem de quê!", em homenagem à França.

Dagoberto se mostrou confiante para o desfile deste ano e disse que o grito de campeão está "entalado na garganta".

A escola de Caxias será a segunda a desfilar no domingo. EFE edv/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG