Um total de 432 bebês chineses desenvolveram pedras nos rins por causa de um leite em pó contaminado, informou neste sábado o ministro da Saúde, Gao Quiang, que ordenou a interrupção da produção do leite.

"Até 12 de setembro foram 432 casos de pedras nos rins das crianças, segundo os boletins nacionais dos serviços de saúde", anuncioi o ministro.

As autoridades da província de Hebei ordenaram ao grupo Sanlu a interrupção da produção da bebida.

sai/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.