Tamanho do texto

Governador do estado da Carolina do Sul ordenou que todos os moradores do litoral da região deixem as suas casas; costa leste já registra filas de veículos em postos de gasolinas e prateleiras vazias em lojas e mercados

O Furacão Florence foi considerado
Reprodução/Nasa
O Furacão Florence foi considerado "extremamente perigoso" e deve atingir 245 mil nos EUA

O furacão Florence, classificado como categoria quatro e “extremamente perigoso”, deve atingir a costa leste dos Estados Unidos nesta quinta-feira (13). Medidas de segurança já começaram a ser tomadas na Virgínia e na Carolina do Norte, onde foi declarado estado de emergência. O governador da Carolina do Sul ordenou a saída de todos os moradores do litoral da região.

Leia também: Furacão Lane se aproxima do Havaí e causa primeiros estragos

Mais de um milhão de pessoas dos três estados receberam ordens de saída obrigatória da área, tendo em vista que o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês) registrou ventos de até 225 quilômetros por hora do furacão Florence , que, neste momento, está a 1.570 quilômetros de Cabo Fear, no extremo-sul da Carolina do Norte.

Ralph Northam, governador da Virgínia, explicou que 245 mil pessoas podem ser afetadas pelo fenômeno em seu estado, e por isso, todos os que moram nas regiões costeiras devem abandonar suas casas devido ao risco de inundações . O político ainda pediu para que a população não subestime a ameaça e “se prepare” para a tempestade.

Em todos os três estados, já foram registradas filas em postos de gasolinas e prateleiras de mercados e lojas completamente vazias.

Leia também: Tempestade Nate deixa 25 mortos na América Central e avança para México e EUA

Informações oficiais sobre o furacão Florence

O Furacão Floreste deve tocar o solo dos estados da Carolina do Sul, Carolina do Norte e Virgínia nesta semana
Reprodução/National Weather Service
O Furacão Floreste deve tocar o solo dos estados da Carolina do Sul, Carolina do Norte e Virgínia nesta semana

"Nenhuma das orientações sugere que o Florence tenha atingido um pico de intensidade, e isso é apoiado pela continuação de um ambiente de baixo cisalhamento e águas ainda mais quentes nas próximas 36 horas. Assim, a previsão de intensidade é levantada, trazendo-o para perto da categoria 5", informou oficialmente o NHC.

Por mais que os três estados em questão, em especial as Carolinas do Norte e do Sul, estejam se preparando para os possíveis efeitos da tempestade , ainda não há como saber qual será a trajetória exata do fenômeno natural a partir da próxima quinta-feira.

O último furacão a atingir a porcão central da região foi o Hazel, em 1954. Ele deixou 19 pessoas mortas e mais de 15 mil edifícios destruídos.

Leia também: Furacão Maria faz 15 mortos em Dominica; Porto Rico ficará no escuro por meses

Outras duas tempestades, além do  furacão Florence , estão sendo monitoradas pelos cientistas dos Estados Unidos. Helen e Isaac, ambas estão se deslocando pelo oceano Atlântico, contudo, estão na categoria 1.

*Com informações da Agência Ansa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.