Devido à temporada de chuvas, pode acontecer de vítimas serem obrigadas a aprender técnicas básicas de mergulho para conseguirem sair da caverna

Jovens de um time de futebol júnior que estavam desaparecidos há nove dias; resgate dos adolescentes deve ser lento
Reprodução/Twitter
Jovens de um time de futebol júnior que estavam desaparecidos há nove dias; resgate dos adolescentes deve ser lento

Os 12 adolescentes de um time de futebol júnior –  que estavam desaparecidos há nove dias, junto ao treinador deles, na Tailândia – devem permanecer dentro da caverna onde foram encontrados por algum tempo até serem, efetivamente, resgatados. Segundo informações divulgadas nesta terça-feira (3) pela Marinha, o resgate dos adolescentes deve levar alguns meses.

“Vamos nos preparar para enviar mais alimentos para ao menos quatro meses e ensinar os 13 [membros do grupo] a mergulhar, enquanto seguimos retirando a água”, informou o comandante Anand Surawan, da Marinha tailandesa. Para o resgate dos adolescentes , um trabalho de dasafogamento da caverna é feito, afinal, ela está inundada.

O grupo foi localizado ontem. De acordo com o governador da província de Chiang Rai, Narongsak Osottanakorn, oficiais das forças navais do país encontraram os adolescentes dentro da caverna Tham Luang, na fronteira entre Laos e Myanmar.

Com idade entre 11 e 16 anos, os garotos e o treinador, de 25 anos, estavam desaparecidos desde o dia 23 de junho, quando teriam entrado na caverna durante um passeio – e foram surpreendidos por chuvas torrenciais, que impediram a entrada de mergulhadores profissionais para o resgate.

Leia também: Mais de 190 estão desaparecidos após erupção do Vulcão de Fogo na Guatemala

Eles teriam pedalado até a caverna depois do treino e podem ter entrado no local por túnel estreito de 15 metros que ficou completamente cheio de água devido à forte chuva.

Por causa da dificuldade em buscar o grupo que estava desaparecido, a Tailândia recebeu esforços internacionais de resgate.  Estavam envolvidos n as buscas especialistas britânicos em mergulho em cavernas, 17 especialistas em salvamento e sobrevivência da Força Aérea dos Estados Unidos, e oficiais da Marinha e da polícia, que trabalharam dia e noite durante os nove dias para tentar encontrar os adolescentes desaparecidos. Também foi enviada ajuda do Japão, China e Austrália.

Resgate de adolescentes pode depender deles mesmos

De acordo com informações do The Guardian , os adolescentes e o técnico da academia Moo Pa conheciam bem o local e já tinham visitado a caverna da Tailândia algumas vezes antes desse incidente – inclusive, foi esse fato que mais trouxe esperanças de que eles teriam se dirigido para a câmara arejada para fugir da inundação.

Leia também: Recém-nascida sobrevive após ser enterrada viva pela bisavó no Mato Grosso; veja

Porém, o complexo de cavernas, localizado na província de Chiang Rai, costuma ficar inundado durante o período de chuvas, de setembro a outubro. Se for preciso retirar os 13 rapazes da caverna antes do fim da temporada de chuvas, eles podem precisar a aprender técnicas básicas de mergulho, para que o resgate dos adolescentes seja efetuado com sucesso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.