Tamanho do texto

Artefato foi descoberto durante obra na região e levou polícia a isolar área de 200 metros; terminal segue fechado e diversos voos foram cancelados

Aeroporto de Londres está localizado próximo ao rio Tâmisa, onde bomba da Segunda Guerra foi encontrada
Creative Commons/ChiralJon
Aeroporto de Londres está localizado próximo ao rio Tâmisa, onde bomba da Segunda Guerra foi encontrada

Cerca de 16 mil pessoas tiveram transtornos para chegar ou deixar a cidade de Londres, na Inglaterra, nas primeiras horas desta segunda-feira (12). E tudo por conta de uma bomba da Segunda Guerra Mundial que foi descoberta nas proximidades do rio Tâmisa e obrigou as autoridades locais a determinarem o fechamento do London City Airport, o aeroporto doméstico da cidade.

Leia também: Rússia confirma morte de 71 pessoas a bordo de avião que caiu perto de Moscou

De acordo com a polícia de Londres , o explosivo foi encontrado ainda nesse domingo (11) durante a realização de uma obra na área próxima ao aeroporto, que foi fechado por volta das 22h (no horário local).

O terminal continua fechado e sem previsão de reabertura, o que levou ao cancelamento de vários voos nesta segunda-feira. A polícia metropolitana e a Marinha britânica isolaram uma área de 214 metros devido ao risco de explosão durante os trabalhos para remover a bomba.

O executivo-chefe do London City Airport, Robert Sinclair, lamentou os transtornos e disse que a prioridade é cooperar para que o problema seja resolvido rapidamente e de maneira segura.

"Reconheço que isto está ocasionando inconvenientes a nossos passageiros e, em particular, a alguns dos moradores da área. Estamos cooperando completamente com a Polícia Metropolitana e a Marinha, a fim de retirar o explosivo de maneira segura e resolver a situação da maneira mais rápida possível", disse Sinclair.

Fundado em 1988, o aeroporto é o mais próximo do centro da capital inglesa e é considerado o quinto mais movimentado do Reino Unido.

Vestígios de um passado violento

Essa não foi a primeira vez que uma bomba das grandes guerras mundiais é encontrada nos últimos meses. Somente entre agosto e setembro do ano passado, ao menos três artefatos foram encontrados em países diferentes.

No Japão, um dos países mais bombardeados durante a Segunda Guerra Mundial, operários encontraram uma bomba de 85 centímetros de comprimento nas proximidades da usina nuclear de Fukushima . No mesmo mês, o derretimento de uma geleira levou à descoberta de uma bomba da Primeira Guerra Mundial na Itália . O terceiro artefato foi encontrado em Frankfurt, na Alemanha. Assim como ocorreu neste domingo em Londres, as autoridades alemãs também precisaram esvaziar ao menos um quarteirão para remover o artefato .

*Com reportagem da Ansa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.