Turista é preso por fugir e abandonar prostituta que caiu de sacada durante sexo

Segundo polícia tailandesa, Wannipa Janhuathon sofreu lesões na cabeça e fraturas pelo corpo, morrendo ao chegar ao hospital; britânico foi preso por negligência, documento expirado e roubo de bicicleta na noite do incidente
Foto: Reprodução/Daily Mail
Wannipa Janhuathon, de 26 anos morreu no hospital após cair de uma varanda em Pattaya, na Tailândia

Um turista britânico foi preso no domingo (7) após fugir e abandonar o corpo de uma prostituta, na Tailândia, após manter relações sexuais com ela. Wannipa Janhuathon, de 26 anos caiu da sacada de um hotel em Pattaya, no sábado (6), enquanto acompanhava Reece Vella, de 25 anos. Ela morreu  no hospital. Não foi especificado o andar de que ela caiu. 

Leia também: Em overdose de Viagra, homem fica pelado e joga cocô em passageiros de aeroporto

Segundo a polícia tailandesa, a mulher sofreu graves lesões na cabeça e fraturas por todo o corpo depois de cair, pelada, da sacada . Os policiais afirmam que, ao chegar ao hotel, Vella, que é de Birmingham, West Midlands, já havia fugido. No quarto onde estavam hospedados, foram encontrados estimulantes sexuais, preservativos e o celular de Wannipa.

Foto: Reprodução/Daily Mail
Reece Vella é de Birmingham, West Midlands; ele foi preso também por estar com o visto expirado e por ter roubado

As investigações apontam que o homem chegou à Tailândia há quatro meses, porém que permanece no país ilegalmente, já que está com o visto expirado. O tenente da polícia de Pattaya, Narong Chantra, afirma que Vella foi preso por suspeita de "negligência causadora de morte”.

“Além de ser preso por negligência, Vella foi detido por ultrapassar o visto em 59 dias e por ter roubado uma bicicleta durante a noite do incidente. Ele será processado, como manda a lei”, expôs. Na delegacia, o britânico disse ter fugido por ter se sentido "confuso".

Leia também: Homem dado como morto por três médicos "ressuscita" pouco antes de autópsia

Socorro e testemunhas

Foto: Reprodução/Daily Mail
O segurança do prédio, Kriengsak Khamchachai, de 23 anos alega ter chamado a ambulância para socorrer a mulher

A garota, também conhecida pelo apelido Joy, havia se mudado de sua cidade natal na província de Sakon Nakhon e estava trabalhando no Sky Bar, localizado na agitada Rua Soi 6. O segurança do edifício onde ocorreu o acidente, Kriengsak Khamchachai, de 23 anos, alega ter se assustado com o estrondo.

“Vi uma mulher caída sobre uma poça de sangue e chamei a ambulância. Eles tentaram reanimá-la aqui, mas ela morreu assim que chegou ao hospital. No chão, perto dela, tinha um pacote de gel para sexo oral. Acho que essa foi a primeira pista de que não estava sozinha”, informou ao Daily Mail .

Leia também: Incêndio atinge a Trump Tower em NY; bombeiros estão no local para combater fogo

Os colegas de trabalho de Wannipa lamentaram sua trágica morte com um recado deixado no bar. “Como muitos sabem, Joy caiu de uma sacada e veio a falecer sábado. Ela foi uma das garotas mais felizes e amigáveis ​​que conhecemos. O lugar não será o mesmo sem seu sorriso e senso de humor. Ela estará para sempre em nossos corações”.

Link deste artigo: http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2018-01-08/morte-queda-da-sacada-tailandia.html