Japonesa de 33 anos e 19 kg morre congelada em 'prisão' construída por seus pais

O corpo de Airi Kakimoto foi encontrado em estado de má nutrição; seus pais foram presos e respondem por abandono de cadáver, já que chamaram as autoridades apenas uma semana depois da morte, segundo autoridades
Foto: Reprodução/The Japan Times
Os pais da japonesa de 33 anos reportaram a sua morte no sábado (23), na província de Osaka. Os dois foram presos


Uma mulher de 33 anos morreu congelada após ficar 15 anos trancada pelos seus pais em um pequeno quarto. De acordo com o jornal The Japan Times , a japonesa era mantida presa pelos responsáveis porque, segundo eles, sofria de uma doença mental que a deixava violenta. O caso aconteceu na cidade Neyagawa, na província de Osaka.

Leia também: Irlandesa é encontrada morta a facadas no Natal e choca moradores de cidade

Yasutaka Kakimoto, de 55 anos, e Yukari Kakimoto, de 53, foram presos no último sábado (23) após reportarem a morte da filha para a polícia. O corpo foi encontrado, segundo a autópsia divulgada na segunda-feira, em estado de extrema má nutrição: a japonesa Airi Kakimoto estava pesando apenas 19 kg e tinha 1,45m de altura.

O casal confessou que só alimentava a filha uma vez por dia e a mantinha em um cômodo de três metros quadrados. Ela vivia nestas condições desde os 16 ou 17 anos, quando seus pais reformaram a casa e construíram o quarto, que possuía sistema de monitoramento interno e uma porta dupla que só poderia ser aberta do lado de fora.

Dentro do cômodo, que não contava com um sistema de calefação, havia um banheiro improvisado e um tubo, que deveria fornecer água vinda de uma pia localizada do lado de fora do quarto. 

Leia também:  Canadá reage a aliados do regime Maduro e expulsa diplomata venezuelano

Presos por abandono de cadáver

Estima-se que Airi faleceu dia 18 de dezembro, e tendo em vista que seus pais só reportaram sua morte quase uma semana depois, os dois foram presos sob a alegação de abandono de cadáver .

A polícia suspeita que o casal não alimentava a filha de maneira adequada e ainda acredita que os Kakimotos possam ser acusados por confinamento e renúncia de suas responsabilidades como guardiões legais.

Leia também: Presidente do Peru chama de 'erros' os crimes cometidos pelo ex-ditador Fujimori

Em 2000, um caso parecido chocou o Japão, quando um homem foi preso por sequestrar e manter uma menina de nove anos confinada em sua casa. De acordo com o The Japan Times , ela foi sequestrada no ano de 1990 e era mantida trancada desde então.

Link deste artigo: http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2017-12-26/japonesa-morre-congelada.html