Funcionários de asilo levam R$ 39 milhões na loteria de Natal da Espanha

Concurso é o mais antigo do mundo e o que mais distribui prêmios; no total, foram sorteados R$ 9,4 bilhões; lar de idosos fica em município em crise
Foto: Reprodução/Twitter
Sorteio, que é feito anualmente, é da mais antiga loteria do mundo, O Gordo

Os funcionários do lar de idosos Sagrado Coração de Campo de Criptana, uma pequena localidade da província de Ciudad Real, comemoraram e brindaram, nesta sexta-feira (22), a conquista do maior prêmio da loteria de Natal da Espanha , o chamado El Gordo – ou O Gordo.

Leia também: Com pênis de 48 centímetros, homem não consegue emprego por conta de limitações

O sorteio, que é feito anualmente, é da mais antiga loteria do mundo. Neste ano, O Gordo distribuiu um total de 2,38 bilhões de euros (o equivalente a R$ 9,4 bilhões).

Só no asilo, mais de 10 milhões de euros foram para os funcionários. O valor equivale a R$ 39 milhões. Isso porque o caminhoneiro Jesús Martínez, que trabalha como voluntário no local, comprou 30 bilhetes da série ganhadora e distribuiu no lar de idosos.

O portador do prêmio da sorte ainda tinha guardado dois bilhetes para ele e deu dois para irmãos. No distribuir do prêmio, Martínez levou para casa 800 mil euros e cada irmão ficou com mais 400 mil.

“Eles merecem muito”, disse a diretora do lar, Ana Maria Campos, enquanto o caminhoneiro, de 54 anos, confessou ao jornal El Espanol estar muito feliz por ter levado tanta alegria e dinheiro à sua terra.

O presidente da Câmara, Antonio Lucas-Torres, também se disse muito feliz e admitiu esperar que a “chuva de dinheiro” sobre os funcionários do asilo tenha um efeito positivo para a economia do município.

Leia também: Dois homens héteros se casam para poupar R$ 200 mil em impostos na Irlanda

Hoje, em Campo de Criptana, habitam cerca de 14 mil pessoas, mas uma em cada cinco delas está desempregada.

Entenda a distribuição do prêmio

A loteria de Natal da Espanha funciona diferente das loterias brasileiras.

Por lá, embora os prêmios não sejam tão elevados quanto em outras loterias europeias ou americanas, a chance de ganhar a alta. Afinal, o objetivo é distribuir o maior número de prêmios possível.

Para tanto, o bilhete com cinco números é caro: cada um custa 200 euros. Por conta do preço elevado, muitos "bolões" são organizados entre os espanhois – ou entre os estrangeiros que viajam para o país apenas para participar do concurso.

Nesses casos, o valor é dividido em 10 cotas ou décimos e cada apostador pode comprar apenas um deles. Além disso, cada bilhete de O Gordo pode ser impresso várias vezes com o mesmo número para ampliar o número de ganhadores. 

Leia também: Tempestade tropical nas Filipinas deixa mais de 133 mortos

Link deste artigo: http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2017-12-23/loteria-natal-espanha-gordo.html