Os documentos, localizados na obra "Cristo da Miséria", contêm detalhes importantes sobre o cotidiano da cidade de Burgo de Osma, na Espanha

Enquanto restaurava a escultura, a equipe descobriu algo inédito dentro das nádegas da representação de Jesus
Reprodução/Facebook DA VINCI Restauro
Enquanto restaurava a escultura, a equipe descobriu algo inédito dentro das nádegas da representação de Jesus


A equipe de restauro Da Vinci, localizada em Madrid, capital da Espanha, fez uma descoberta muito interessante em meados de setembro. Enquanto trabalhavam em uma escultura de Jesus Cristo, encontraram mensagens do ano de 1777 entre as nádegas da obra de arte.

Leia também: "Revolução dos Banheiros": China quer a instalação de privadas pelo país

De acordo com o jornal português Correio da Manhã , os manuscritos foram achados em uma escultura de Jesus na Igreja de Santa Águeda, na cidade de Sotillo de la Ribera, na Espanha. Porém, a origem dos documentos está a cerca de 80 quilômetros dali. Isso porque eles foram assinados pelo padre Joaquín Mínguez, clérigo da Catedral do Burgo de Osma, localizada na cidade de mesmo nome.

O conteúdo das mensagens inclui referências culturais, religiosas, econômicas e políticas do século XVIII. Dentro da escultura “Cristo da Miséria”, segundo o historiador Efrén Arroyo contou ao jornal, estavam detalhes muito interessantes sobre “o que comiam, o que cultivavam e como viviam o cotidiano”.

Para Arroyo, esta descoberta contém algumas peculiaridades que a fazem especial. “A maior parte das esculturas estão vazias por dentro, mas às vezes encontramos algumas com papéis escritos escondidos em algum lugar”, explicou. “Mas isto é algo diferente, muito detalhado e completo”.

No momento, a escultura está em Madrid em um processo de restauração. Os documentos ainda serão estudados de maneira aprofundados por profissionais especialistas.

Estátuas misteriosas

Esta não foi a primeira vez que uma escultura de Cristo gerou comoção nas redes sociais. No ano passado, cenas captadas em uma igreja católica na cidade de Saltillo, no interior do México, ganharam as redes sociais ao mostrarem uma estátua de Cristo abrindo e fechando os olhos .

O vídeo foi gravado em junho de 2016, mas só foi divulgado em julho deste ano, quando caiu na internet. A gravação tem menos de dois minutos e foi assistida por mais dois milhões de pessoas – ela ganhou notoriedade quando o site mexicano  Adimensional , um dos maiores sobre paranormalidade, publicou o caso.

Leia também: Aliado de Merkel, prefeito de cidade alemã é esfaqueado por receber refugiados

A imagem de Jesus é impressionante, mas vem dividindo opiniões: o que para alguns é um milagre, para outros não passa de uma simples montagem ou ilusão de ótica. Porém, de acordo com o portal, mais de 20 especialistas que averiguaram a escultura  e não encontraram indícios de fraude, "confirmando" o milagre.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.