Tigre siberiano ataca cuidadora em zoológico na Rússia; turistas flagram momento

De acordo com um porta-voz do local, a mulher foi levada para o hospital em estado de choque, mas ela não corre o risco de morrer; caso será investigado

Uma tratadora do zoológico da cidade de Kaliningrado, na Rússia, foi brutalmente atacada por um tigre siberiano no último final de semana. O ataque aconteceu quando a vítima se preparava para alimentar o felino.

Leia também: Mulher que mostrou dedo para presidente Donald Trump é demitida

Foto: Reprodução/Twitter
Tigre ataca tratadora em zoológico na Rússia

De acordo com o site britânico "Daily Mail", uma investigação vai apurar as causas do incidente, mas as primeiras análises apontam que o tigre  chamado de Tufão, ultrapassou a área de segurança, acidentalmente, depois que a sua tratadora Nadezhda Srivastava deixou o portão aberto no momento em que levava comida para o animal. 

'Cara de um, orelha do outro': Mulher encontra "rosto de Trump" em seu cachorro

O felino de 16 anos pulou sobre a vítima e mordeu braços, pernas e rosto. Os visitantes do local, mesmo assustados, tentaram espantar o animal e arremessaram todo o tipo de material que encontraram pela frente, até que Tufão deixou Nadezhda Srivastava.

"Foi muito assustador. Estávamos jogando tudo o que podíamos ver na gaiola do animal. A mulher estava ferida e coberta de sangue no rosto, nos braços e nas pernas. O tigre mordia e ela tentava se proteger, mas ele reagia cada vez mais forte. Jogamos tudo e em algum momento ele ficou assustado e ficou um pouco longe da mulher, foi aí que ela fugiu para uma instalação anterior", diz Viktoria Bolshakova, que visitava o parque.

Ainda segundo o "Daily Mail",  a vítima foi levada às pressas em estado crítico para o hospital, mas não corre risco de morte. O marido de Nadezhda Srivastava, o médico Nitesh Srivastava, revelou que a esposa estava "estável" em terapia intensiva e que teve "fraturas múltiplas". O homem agradeceu pelo apoio das pessoas.

Idoso chama a polícia ao confundir abobrinha gigante com bomba da Segunda Guerra

Um porta-voz do zoológico disse que esta é a primeira vez na história do local que um tigre ataca uma pessoa. "O tigre siberiano é um animal territorial. Proteger seu território é seu instinto natural", revelou. Após o ataque, o felino foi sedado por funcionários que relataram que ele estava "estressado". Apesar de ter tido contato com sangue humano, tufão não será sacrificado.


Link deste artigo: https://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2017-11-07/tigre-ataque-zoologico.html