Bomba da 2ª Guerra Mundial encontrada em Frankfurt foi desarmada neste domingo

Uma mega operação para evacuar mais de 60 mil pessoas foi montada pela autoridade alemã. Artefato era capaz de acabar com um quarteirão inteiro
Foto: shutterstock
FrankFurt: bomba da 2ª Guerra foi desarmada por agentes especiais neste domingo (3)


A operação para desarmar uma bomba da 2ª Guerra Mundial em Frankfurt, na Alemanha, ocorreu sem incidentes na manhã deste domingo (3). O artefato foi encontrado por trabalhadores de uma construção na semana passada e segundo peritos em bombas, tinha capacidade de devastar mais de um quarteirão.

Leia também: Coreia do Norte comemora sucesso de teste com bomba de hidrogênio

Para desarmar o artefato e não colocar em risco a população residente de Westend, em Frankfurt , polícia e corpo de bombeiros iniciaram o trabalho de evacuação da área de perigo no sábado (2). Mais de 60 mil pessoas foram retiradas das proximidades pelas autoridades para que a equipe de especialistas em explosivos pudesse trabalhar sem colocar a população em risco. O trabalho durou quatro horas.

Segundo as autoridades, esse foi o maior plano de evacuação da cidade desde o fim da 2ª Guerra Mundial , fato esse ocorrido a mais de 70 anos na Alemanha. A orientação para segurança da população era deixa o entorno de Westend e a preocupação com o artefato foi tamanha que o Hospital local, um asilo e até uma emissora de televisão foram evacuadas para que as equipes pudessem inutilizar a bomba.

Peritos afirmaram se tratar de um artefato com 1,4 toneladas de explosivos , potencial suficiente para derrubar todos os prédios ao seu redor, inclusive o banco central alemão. Ela teria sido lançada pela Força Aérea Britânica entre 1943 e 1945 e foi danificada no impacto com o solo, por isso não chegou a explodir, ficando enterrada no local de sua queda.

Leia também: Líderes mundiais criticam novo teste nuclear feito pela Coreia do Norte

Medidas

Para minimizar o impacto aos moradores locais, as autoridades montaram dois abrigos, cada um com capacidade para 10 mil pessoas, para atender aqueles que não tinham parentes ou onde ficar durante esse processo. Outra iniciativa das autoridades da  Alemanha para que a tensão fosse controlada, foi promover ações culturais, em que os grandes museus do país estavam com entrada franca neste domingo (3).

Até a última semana, quando o artefato foi encontrado em Frankfurt, a maior ação para desarmar uma bomba da 2º Guerra Mundial tinha ocorrido no Natal do ano passado, e Augsburg, no sul do país. Na data,  54 mil pessoas tiveram de deixar suas casas para que as equipes pudessem inutilizar o explosivo encontrado.

Leia também: Italiano esconde cadáver do próprio pai para garantir dinheiro de pensão

Link deste artigo: http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2017-09-03/frankfurt-bomba-desarmada.html