Os sete oficiais da marinha norte-americana desaparecidos após a colisão são encontrados

Os corpos dos marinheiros desaparecidos após a colisão do destróier Fitzgerald com um cargueiro filipino, na sexta (16), na costa japonesa, foram encontrados na manhã deste domingo (18), no horário local.

O destróier com sérias avarias havia sido deslocado para o porto de Yokosuka, no Japão, onde há uma base naval norte-americana. Quando as equipes de busca conseguiram ter acesso às áreas danificadas do navio, encontraram os marinheiros desaparecidos nos compartimentos que foram inundados. Os corpos foram levados ao Hospital Naval de Yokosuka, onde serão identificados, segundo a Marinha norte-americana.

USS Fitzgerald sofreu mais avarias na colisão com cargueiro filipino, na costa japonesa
US Navy/divulgacao
USS Fitzgerald sofreu mais avarias na colisão com cargueiro filipino, na costa japonesa

A colisão ocorreu na sexta-feira (16) entre um cargueiro filipino e o navio de guerra norte-americano. No choque, três pessoas ficaram feridas, além dos sete mortos. A embarcação filipina, no entanto, não sofreu grandes danos. O acidente foi na costa japonesa, no Pacífico, perto da península de Izu. O destróier estava com 330 marinheiros a bordo.



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.