Igrejas cristãs são atacadas no Egito; Estado Islâmico assume atentado

Ministério da Saúde egípcio fala em 43 mortos e centenas de feridos até agora. Igrejas estavam lotadas devido o início da semana Santa aos católicos
Foto: Reprodução Twiitter
Egito vive manhã violenta com dois atentos com bomba em igrejas católicas+


O Egito vive momentos de angústia e tensão na manhã deste domingo (9). Foram registrados dois ataques com bombas em igrejas igrejas coptas (uma vertente do cristianismo), ataque que deixou dezenas de mortos e feridos e causou pânico à população local.  O grupo radical Estado Islâmico reivindicou o atentado, por meio de sua agência de notícia, a Amaq.

Leia também: Tensão na Noruega: Polícia de Oslo explode artefato "similar a uma bomba"

Segundo as agências internacionais EFE e Reuters, a cidade de Tanta, considerada a quinta maior do Egito e de Alexandria (a segundo mais populosa), foram os alvos do atentado terrorista e extremista. 

O atentado em Tanta, cidade há 120 quilômetros do Cairo, foi na Igreja coptas Mar Guergues. Neste domingo (9), considerado o Domingo de Ramos para os cristãos e dá inicio a semana Santa, importante data aos católicos. Por esse fato, a igreja estava lotada de fiéis.  Não foram confirmados os números de mortos e feridos, porém é de 25 mortos e 78 feridos, 

O ataque acontece 20 dias antes da visita do Papa Francisco, que planeja ir ao Egito nos dias 28 e 29 deste mês, sendo essa a sua primeira viagem ao Oriente Médio.

Leia também: Estados Unidos ameaçam novos ataques à Síria, caso "seja necessário"

Segundo ataque

A televisão estatal informou que o segundo ataque foi em Alexandria, no norte do país, na Igreja de São Marcos. O Ministério da Saúde egípcio fala em 11 mortes e 35 feridos neste ataque, conforme informou a agência EFE em seu Twitter. 

Em 11 de dezembro do ano passado atentado igual ao deste domingo vitimou 25 fieis e deixou outros 49 feridos na Igreja de São Pedro e São Paulo, no Cairo. 


Leia também: Ao atacar Síria, EUA viram 'força aérea' do Estado Islâmico, diz âncora da CNN

 * Com informações das agências internacionais EFE e Reuters

Link deste artigo: https://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2017-04-09/ataque-no-egito.html