Vice-presidente dos EUA aconselha Trump a crescer e a ser 'um adulto'

Joe Biden nunca escondeu que desaprova a eleição do magnata nos EUA; a poucos dias da posse do republicano, o vice de Obama não poupou críticas
Foto: Divulgação/2017 Presidential Transition
Presidente eleito, Donald Trump assume o cargo no próximo dia 20; Biden nunca escondeu sua desaprovação

Em pleno janeiro de 2017, não é segredo que o atual vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, não aprovou a eleição do republicano Donald Trump para a presidência do país. Em uma última declaração contra Trump, que assume o cargo no próximo dia 20, Biden aconselhou o milionário a "crescer" e "ser um adulto".

+ Trump responde a ameaças nucleares da Coreia do Norte contra os Estados Unidos

Essa foi a resposta do atual vice-presidente durante uma entrevista ao programa  News Hour's   da emissora norte-americana  PBS , quando a jornalista Judy Woodruff perguntou ao vice de Barack Obama o que ele pensava da série de tweets que Trump enviou na sua rede social nos últimos dias, que criticavam os serviços de inteligência do país e vários políticos, como o atual presidente.

Com um sorriso no rosto, Biden respondeu que é hora de Trump "ser um adulto". "Cresça, Donald. Cresça. Hora de ser um adulto", aconselhou.

"Você é o presidente. Você tem que fazer alguma coisa. Mostre-nos o que você tem. Você deve propor leis, devemos discuti-las, deixe que seja o povo que decida, deixe que o Congresso vote. Vamos ver o que vai acontecer", disse o vice-presidente.

+ Trump elogia Temer por reformas e medidas para "fazer o Brasil crescer"

Biden também aproveitou a entrevista para reclamar das críticas feitas por Trump às agências de inteligência norte-americana. "A ideia de que você possa saber mais que a comunidade de inteligência sabe é como dizer que eu sei mais sobre física que o meu professor. Eu não li o livro, eu apenas sei que sei mais", disse o vice-presidente.

Essa não é a primeira vez que Biden mostra seu descontentamento sobre Trump. Em outubro do ano passado, o democrata sugeriu que gostaria de ter brigado com o republicano se estivesse na mesma escola que ele.

"A imprensa sempre me pergunta: não eu não desejo estar debatendo com ele. Não, eu desejo que a gente estivesse no ensino médio. Eu poderia levá-lo atrás do ginásio. Isso é que eu desejo", disse o politico em uma outra entrevista.

De piada à presidência

O empresário Donald Trump foi eleito o 45º presidente dos Estados Unidos ao derrotar a candidata democrata Hillary Clinton, nas eleições do ano passado. Inicialmente, a candidatura do empresário não foi levada a sério – em grande parte pelo estilo pouco convencional do americano e pelo fato dele ser um novato na política. De piada, Trump passou a ser encarado como ameaça e, mais tarde, conquistou a presidência norte-americana.

+ Os sete mitos da política que Trump derrubou para chegar à Casa Branca

* Com informações da Agência Ansa.

Link deste artigo: http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2017-01-06/trump-adulto.html