As Ilhas do Pacífico inauguram as celebrações de Ano Novo pelo planeta. Em Sydney, na Austrália, foram 12 minutos de fogos de artifício; saiba mais

Cidade de Auckland, Nova Zelândia, dá as boas-vindas ao ano novo 2017, junto com Fiji, Samoa, Kiribati e Tonga
Reprodução/Twitter
Cidade de Auckland, Nova Zelândia, dá as boas-vindas ao ano novo 2017, junto com Fiji, Samoa, Kiribati e Tonga

Samoa, Tonga e Kiribati estreiam o ano de 2017 no mundo: os moradores das Ilhas do Pacífico entraram no ano novo às 8h da manhã do horário de Brasília. Além desses territórios, a maior parte da Nova Zelândia também já comemora a passagem de ano, assim como o Japão e Hong Kong, e a China. 

+ O que fazer com o prêmio de R$ 225 milhões da Mega da Virada

Nos países asiáticos, uma das viradas mais tradicionais é a de Hong Kong, já que o show dos fogos faz parte dos pontos altos do calendário turístico do território chinês. E não foi diferente nesse ano de 2017, milhares de pessoas devem lotar diversos pontos da cidade para acompanhar os dez minutos de show pirotécnico no porto Vitória.


Na Austrália, a festa de fogos pela chegada de 2017 deu um show – e a polícia do país fez segurança reforçada contra qualquer risco de terrorismo. Um homem foi preso nesta semana depois de ameaçar, pela internet, fazer um ataque na cidade de Sydney, a mais populosa do país.

Em Sydney, mais de um milhão e meio de pessoas era esperada para acompanhar a passagem de fogos na baía. Segundo informações de agências internacionais, centenas de pessoas passaram a noite desta sexta-feira (30) acampadas no local. A cidade investiu pesado no show da virada: sete toneladas de fogos de artifício iluminaram os céus da cidade por doze minutos em uma imagem que marca o início das grandes celebrações de ano novo mundo afora.

Na Indonésia, a virada este ano também acontece sob forte esquema de segurança. Cerca de 20 mil policiais foram mobilizados apenas na capital, Jacarta. Recentemente, as autoridades indonésias frustraram ao menos dois planos de ataques terroristas a bomba.

Em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, a passagem de ano foi marcada por muito luxo. Foram colocados fogos no Burj Khalifa, o edifício mais alto do mundo.

Em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, a passagem do ano foi marcada por muito luxo e glamour
Dubai Media Office
Em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, a passagem do ano foi marcada por muito luxo e glamour

+ Metrô, bancos, mercados: veja o que abre e fecha no feriado de Ano Novo em SP

Na capital italiana, público assistiu à tradicional queima de fogos nos arredores do Coliseu
Reprodução/Twitter
Na capital italiana, público assistiu à tradicional queima de fogos nos arredores do Coliseu


Em Roma, na capital da Itália, a população assistiu à queima de fogos nos arredores do Coliseu. Chegada de 2017 foi recebida com festa na Europa.

Na França, milhares de pessoas esperaram pela chegada de 2017 na Champs-Élysées. A queima de fogos, tradicional na Cidade Luz, encantou os franceses e os turistas.

Em Paris, milhares de pessoas lotaram a Champs-Élysées para acompanhar a linda queima de fogos
Reprodução/Twitter
Em Paris, milhares de pessoas lotaram a Champs-Élysées para acompanhar a linda queima de fogos





Enquanto isso, na Tailândia, que ainda está de luto pela morte do rei Bhumibol Adulyadej, ocorrida em outubro, a passagem de ano será marcada por vigílias e orações em todo o país.

Na Austrália, a festa de fogos deu um show – e a polícia do país fez segurança reforçada contra qualquer risco de terrorismo
Reprodução/Twitter - 30.12.2016
Na Austrália, a festa de fogos deu um show – e a polícia do país fez segurança reforçada contra qualquer risco de terrorismo


Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.