O presidente Juan Manuel dos Santos ganhou o Nobel da Paz por conta de seus esforços em promover um acordo de paz com as Farc

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, recebeu neste sábado (10) o Prêmio Nobel da Paz, concedido graças aos esforços para encerrar o conflito de mais de meio século com o grupo guerrilheiro Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Santos recebeu o prêmio em uma cerimônia solene em Oslo, capital da Noruega, que contou com a presença dos reis do país: rei Haroldo e da rainha Sonia.

Juan Manuel Santos, presidente colômbiano que ganhou o Nobel da Paz por reconciliação com as Farc
Creative Commons
Juan Manuel Santos, presidente colômbiano que ganhou o Nobel da Paz por reconciliação com as Farc

LEIA TAMBÉM: Presidente colombiano doará dinheiro de Nobel para vítimas do conflito com Farc

"O impossível pode ser possível", disse o presidente da Colômbia em seu discurso, destacando que o Nobel da Paz foi "um presente dos céus, um enorme incentivo para conseguirmos esse novo acordo".

"Há apenas seis anos, não poderíamos imaginar o final de uma guerra que sofremos por mais de meio século. A paz parecia um sonho impossível", afirmou. "Mas, hoje, posso dizer, com humildade, que o povo da Colômbia está tornando possível o impossível. A guerra que provocou tanto sofrimento à nossa população terminou", elogiou o presidente.

Durante a cerimônia de entrega do prêmio Nobel,  o  presidente colombiano também recordou as vítimas do conflito armado que tomo o país e disse que elas "foram as mais disponíveis ao perdão" e à negociação de paz. "Há uma guerra a menos no mundo, e é a da Colômbia", disse Santos, que também incluiu em seu discurso uma menção ao escritor também colombiano Gabriel García Márquez, ganhador do Nobel de Literatura de 1982.

Acordo de paz

No começo de outubro, a colômbia realizou um referendo popular para aprovar um acordo de paz com as Farc, mas depois de uma voração apertada, o acordo foi rejeitado pela população .

Mas o presidente colombiano não desistiu de uma reconciliação com as Farc para terminar o conflito. Ele fez uma nova negociação, ouvindo apelos da população e da oposição para construir um segundo tratado de paz com o grupo de guerrilha. O novo acordo foi ratificado pelo Congresso colombiano ao fim de novembro, e  entrou em vigor no começo de dezembro .

Juan Manuel Santos foi anunciado como vencedor do Nobel da Paz no dia 8 de outubro de 2016, apenas uma semana depois de a primeira tentativa de acordo com as Farc ter sido rejeitada em referendo popular.

* com informações de Agência Ansa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.