Ventos atingiram velocidade de 126 quilômetros por hora e resultaram no cancelamento de 88 voos internacionais e 400 voos domésticos no país

Ventos atingiram uma velocidade de 126 quilômetros; 88 voos internacionais e 400 voos domésticos foram cancelados
Twitter/Reprodução
Ventos atingiram uma velocidade de 126 quilômetros; 88 voos internacionais e 400 voos domésticos foram cancelados




Ao menos uma pessoa morreu e 25 ficaram feridas depois da passagem do tufão Mindulle pela região metropolitana de Tóquio, no Japão, na tarde desta segunda-feira (22), de acordo com o periódico local "The Japan Times". 

LEIA MAIS:  Passagem de furacão provoca ao menos 18 mortes no México

Os ventos atingiram uma velocidade de 126 quilômetros por hora e forçaram controladores de tráfego aéreo a abandonarem temporariamente a torre de controle do Aeroporto Internacional de Narita, um dos dois principais aeroportos de Tóquio, por aproximadamente uma hora. Ao todo, foram cancelados 88 voos internacionais e 400 voos domésticos. Os serviços de trens no país também foram suspensos na região. 

LEIA MAIS:  O estranho furacão tropical cuja formação vem surpreendendo os cientistas

A torre de controle do aeroporto de Tóquio nunca havia sido fechada devido a um tufão. Em 2011, porém, os serviços foram interrompidos depois que um terremoto de magnitude 9.0 deixou 288 mortos e devastou a região. 

Nos próximos dias, o tufão deve atingir o nordeste do país. Moradores da região compartilharam imagens do femômeno climático na internet; veja:


*Com informações do Estadão Conteúdo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.