Acordo de cessar-fogo entra em vigor na Síria

Por Ansa |

compartilhe

Tamanho do texto

Trato negociado por Rússia e EUA prevê interrupção de todos os ataques, com exceção daqueles ao Estado Islâmico e também a outras organizações terroristas indicadas pela ONU

Se cessar-fogo for mantido, negociações entre governo e oposição serão retomadas em  março
Reprodução/Twitter
Se cessar-fogo for mantido, negociações entre governo e oposição serão retomadas em março

Entrou em vigor à meia-noite (horário local) deste sábado (27) o cessar-fogo entre o regime de Bashar al Assad e forças de oposição na Síria, que havia sido negociado pelos Estados Unidos e pela Rússia.

A trégua prevê a interrupção de todos os ataques, com exceção daqueles ao Estado Islâmico, à Frente al Nusra – braço da Al Qaeda no país árabe – e a outras organizações terroristas indicadas pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU).

Além disso, Washington e Moscou compartilharão informações sobre o respeito ao cessar-fogo, que chega no momento em que o Exército de Damasco avançava sobre a província de Aleppo, com apoio da Rússia, do Irã e do grupo xiita Hezbollah, provocando uma grave crise humanitária.

Segundo o enviado da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, se o cessar-fogo for mantido, as negociações entre governo e oposição em Genebra, suspensas desde o início de fevereiro, serão retomadas em 7 de março.

Leia tudo sobre: síriacessar-fogo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas