Banhistas matam bebê golfinho ao retirá-lo do mar para fazer selfies

Por O Dia |

compartilhe

Tamanho do texto

A espécie La Plata é muito vulnerável e filhote acabou superaquecendo; o caso ocorreu em uma praia da Argentina

O Dia

Filhote de golfinho superaqueceu e morreu depois de ser retirado da água por turistas
Reprodução/Facebook
Filhote de golfinho superaqueceu e morreu depois de ser retirado da água por turistas

Um filhote de golfinho morreu após ser retirado do mar por frequentadores de uma praia que queriam fazer selfies. O animal que é de uma espécie conhecida como La Plata acabou superaquecendo, já que tem uma pele muito sensível e não pode ficar fora d'água.

O caso aconteceu em uma praia chamada Santa Teresita, na Argentina.

A Fundação Vida Silvestre Argentina emitiu um comunicado público de que os golfinhos La Plata são vulneráveis e há apenas 30 mil deles no mundo. Esses animais costumam nadar perto de praias e são encontrados na Argentina, Brasil e Uruguai.As imagens revoltantes do episódio, que ocorreu na última semana, foram publicadas nas redes sociais. Após as fotos, o corpo do golfinho foi abandonado na areia.

A organização, que já se preocupava com a difícil preservação desses animais por causa dos pescadores, agora se preocupa mais ainda.

Conheça animais que parecem fofos, mas são cruéis

 Papa-léguas - O animal é sempre lembrado pelo "bip bip" e por fugir de coiotes em desenhos animados  . Foto: Reprodução/Youtube Mas ao contrário do que aparece no desenho, Papa-leguás pode ser um animal muito mais propensos a participar da matança do que fugir dela. Foto: Reprodução/Youtube Papa-léguas é carnívoro. Ele afunda seu bico na presa, bate repetidamente no chão até que ela esteja amassada o suficiente para engolir. Foto: Reprodução/Youtube Ariranhas, animais bonitinhos e de aparência inocente, mas também são conhecidos como lobos do rio. Foto: Reprodução/Youtube Para alimentar os filhotes, ariranhas batem nos peixes até quase matá-los, mas os deixam vivos para que os bebês comam alimentos frescos. Foto: Reprodução/Youtube Um bando de ariranhas pode devorar um jacaré inteiro, com ossos e tudo, em 45 minutos. Foto: Reprodução/Youtube Doninha. Um assassino feroz? Certamente você responderia que não. Mas as doninhas são assassinas em série. Foto: Reprodução/Youtube A doninha gosta de matar envolvendo seu corpo em torno de sua presa, esmagando o crânio e depois mordendo . Foto: Reprodução/YoutubeDoninhas são geneticamente programadas para cometer assassinato em massa. Elas matam sempre que podem e armazenam o alimento . Foto: Reprodução/Youtube Babuínos verde-oliva comem qualquer coisa que acharem que parece deliciosa, não é só banana . Foto: Reprodução/Youtube Babuínos são conhecidos por pastar pacificamente ao lado de gazelas. Mas,  algumas vezes precisam subsistir a salada e que querem um pouco de carne. Foto: Reprodução/Youtube Uma vez que pegou sua vítima, o Babuínos bate e morde, segurando-a como uma melancia, enquanto devora suas entranhas. Foto: Reprodução/YoutubeFocas só comem peixe, certo? Bom, a foca-leopardo não segue essa regra. Foto: Reprodução/Youtube Elas têm um gosto por animais de sangue quente e preferem lanchar suas companheiras. Foto: Reprodução/Youtube Depois de pegar sua presa, a foca bate e arrasta por toda a superfície da água para tirar sua pele antes de comê-la. Foto: Reprodução/YoutubeTexugos do mel são animais de pernas curtas, atarracados e muito simpáticos. O animal é carnívoro e pertence à família dos mustelídeos. Foto: Reprodução/YoutubeTexugos são animais ferozes e protegerão seus jovens a qualquer preço. Seu clã pode ter até 15 elementos. Foto: Reprodução/YoutubeEm grupo, os texugos são capazes de repelir animais muito maiores como raposas, lobos, cobras e até ursos. Foto: Reprodução/Youtube


Leia tudo sobre: selfiesgolfinho

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas