Canadense desaparecido por três décadas é reencontrado após recuperar memória

Por BBC | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Polícia acredita que Edgar Latulip teria batido a cabeça ao deixar abrigo para portadores de deficiência onde vivia

BBC

Um homem canadense que desapareceu há 30 anos deve se reunir com sua família depois de recuperar a memória, informou a imprensa do país. Edgar Latulip tinha 21 anos quando desapareceu de um abrigo para pessoas com deficiência, na cidade de Kitchener, em Ontário.

Ele entrou em um ônibus, mas teria se acidentando ao bater com a cabeça - o que a polícia acredita ter sido o gatilho para sua perda de memória.

Leia também: A descoberta que confirma teoria de Einstein e muda modo como vemos Universo

 Latulip teria batido com a cabeça ao deixar abrigo para portadores de deficiência onde vivia
North American Missing Persons Network
Latulip teria batido com a cabeça ao deixar abrigo para portadores de deficiência onde vivia

Latulip viveu na cidade de St. Catharines, a cerca de 120 km de Kitchener, com uma outra identidade por décadas antes de começar a ter flashbacks de sua vida anterior.

Sua verdadeira identidade veio à tona quando ele contou a uma assistente social que seu nome poderia ser Latulip. Ao fazer uma busca, ela descobriu que Latulip estava incluído no cadastro de pessoas desaparecidas. Um teste de DNA confirmou sua identidade.

"Trabalho na polícia há 18 anos e isso é algo que eu só tinha visto na TV", afirmou o policial Philip Gavin ao jornal canadense The Star. "Trata-se de um caso, sem dúvida, raríssimo", acrescentou.

A mãe de Latulip, Sylvia Wilson, que mora em Ontário, afirmou ao jornal canadense The Record que ficou estarrecida pela notícia.

Latulip tem idade mental de uma criança de 12 anos, segundo North American Missing Person Network, entidade que ajuda a buscar pessoas desaparecidas.

Sylvia disse que tinha um relacionamento difícil com seu primogênito, mas afirmou ao Record que quer falar com o filho. "Quero falar com ele e ajudá-lo da maneira que puder. Só quero vê-lo", disse.

Veja também: Vídeo capta nascimento raro de tartaruga albina na Austrália

Estudo comprova que cavalos reagem a emoções humanas

Leia tudo sobre: desaparecidocanadense

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas