Explosão abre buraco em avião e provoca pouso de emergência

Por Ansa |

compartilhe

Tamanho do texto

Porta-voz do governo assumiu que há 'uma grande confusão nas informações' sobre o caso. Duas pessoas ficaram feridas

Uma explosão em um avião da Daalo Airlines obrigou o piloto a fazer um pouso de emergência no aeroporto de Mogadíscio, capital da Somália, nesta quarta-feira. Segundo informações oficiais, havia 60 pessoas a bordo e o voo ia da capital até Djibuti. A aeronave ficou com um grande buraco na fuselagem.

Ainda não se sabe o que causou o incidente e as informações estão confusas. Enquanto o piloto Vladimir Vodopivec afirmou ter sido uma explosão a bomba, as autoridades que cuidam do setor informaram que não há nenhuma evidência de explosivos.

Avião fez pouso de emergência na Somália depois de explosão deixar buraco na fuselagem
Reprodução Twitter
Avião fez pouso de emergência na Somália depois de explosão deixar buraco na fuselagem

"Com muita sorte, os controles de voo não foram danificados e eu pude voltar e pousar no aeroporto. Isso nunca tinha acontecido na minha carreira. Nós perdemos pressão na cabine. Obrigado a Deus por tudo ter terminado bem", disse Vodopivec ao jornal "The Guardian".

Duas pessoas ficaram feridas no incidente, mas não se sabe se houve uma morte. Segundo testemunhas, um corpo que teria caído do avião foi encontrado em um bairro de Mogadíscio, mas a polícía negou que haja alguma vítima.

O porta-voz do governo, Abdisalam Aato, assumiu em entrevista à emissora "CNN" que há "uma grande confusão nas informações" sobre o caso. Nenhum grupo reivindicou a ação. Atualmente, o grupo terrorista Al-Shabaab é responsável por uma série de ataques em Mogadíscio e tenta formar um califado no país. Porém, nenhum porta-voz do grupo se manifestou.

Leia tudo sobre: explosãoaviãosomália

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas