Nevasca 'fecha' Nova York e deixa milhares sem luz nos EUA

Por BBC | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Pelo menos 10 pessoas já morreram e 10 Estados declararam estado de emergência. Milhares de casas ficaram sem energia

BBC

Expectativa de autoridades norte-americanas é de que nevasca seja um das piores da história
AP
Expectativa de autoridades norte-americanas é de que nevasca seja um das piores da história

A tão prometida nevasca que chegaria no final de semana está deixando estragos por onde passa nos Estados Unidos. Parte da região leste do país já registrou 71 cm de neve entre a última sexta-feira e este sábado. Cidades estão ficando sem luz e vazias por causa da tempestade.

A neve começou na sexta, atingindo mais de 20 Estados e afetando a vida de pelo menos 85 milhões de pessoas. O prefeito de Nova York Bill de Blasio alertou que essa poderia ser a pior nevasca da história. Todas as viagens não essenciais foram proibidas na cidade, que também teve pontes e estradas fechadas.

Pelo menos 10 pessoas já morreram e 10 Estados declararam estado de emergência. Dezenas de milhares de casas ficaram sem energia. Congestionamentos de pelo menos 12 horas foram registrados em Ketucky e Pensilvânia. As pessoas ficaram presas na estrada tomada pela neve.

A capital americana, Washington, poderá ter até 76 cm de neve no chão até que a tempestade acabe, no domingo. Na Casa Branca, cerca de 33 cm de neve cobriram o prédio oficial do governo na última noite. As piores nevascas até agora foram em West Virgina e na Pensilvânia.

Consequências

As más condições climáticas nesse fim de semana atingem uma grande faixa do país, passando por Alabama, no sul, até Massachusetts, no nordeste. O prefeito de Nova York pediu aos moradores que ficassem longe das estradas nesses dias. “Isso já está muito ruim e vai ficar pior”, disse de Blasio pelo Twitter. Ele chegou a assinar uma ordem executiva de proibição de qualquer viagem não essencial na cidade a partir de 14h30, horário local (17h30 de Brasília). Todos os shows da Broadway neste sábado foram cancelados.

Em Washington, o governo federal encerrou atividades na hora do almoço da última sexta por causa da nevasca que se aproximava. O presidente Barack Obama permanece na Casa Branca durante a tempestade, que se intensificou na madrugada de sábado e deverá ter ventos de mais de 80 km/h.

Em outros desdobramentos:

 – Mais de 7 mil voos foram cancelados entre sexta e sábado
 – Uma interrupção parcial do sistema de ônibus de Nova York começou
 – Mais de 100 mil casas ficaram sem energia na Carolina do Norte
 – Outras 90 mil pessoas estão sem energia em Nova Jersey
 – Nove pessoas morreram em acidentes de carro na Carolina do Norte, Virgínia, Kentucky e Tennessee
 – Só em Virginia, a polícia estadual registrou 989 acidentes de carro até a noite de sexta-feira
 – Um homem morreu no sábado após ter tido um ataque cardíaco enquanto limpava a neve em Maryland
 – Foi declarado estado de emergência em Tennessee, Georgia, Kentucky, Carolina do Norte, Nova Jersey, Virginia, West Virginia, Maryland, Pensilvânia e Washington DC

Leia tudo sobre: NevascaEstados UnidosEstado de emergência

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas