Mais dois suspeitos de atentados em Paris são detidos em Bruxelas

Por Agência Lusa |

compartilhe

Tamanho do texto

Procuradoria da Bélgica anunciou que um belga e um marroquino foram detidos; investigações já desmantelaram parte da rede terrorista que organizou os atentados em Paris

Dois homens foram detidos na comunidade de Molenbeek, em Bruxelas (Bélgica), na terça (19) e quarta-feira, no âmbito das operações policiais que investigam os ataques de 13 de novembro em Paris, anunciou hoje (21) a procuradoria belga.

Segundo a imprensa local, os detidos Zakaria J., de nacionalidade belga e nascido em 1986, e Mustafa E., marroquino nascido em 1981, devem se apresentar hoje a um juiz de instrução, que decidirá sobre a prisão preventiva.

Investigações na Bélgica têm desmantelado parte da rede que ajudou Salah Abdeslam, suspeito de participar dos ataques de Paris
Ministério de Interior da Bélgica
Investigações na Bélgica têm desmantelado parte da rede que ajudou Salah Abdeslam, suspeito de participar dos ataques de Paris

Um comunicado da procuradoria informou que nem armas, nem explosivos foram encontrados nessas operações.

As investigações na Bélgica têm desmantelado parte da rede que ajudou Salah Abdeslam, suspeito de participar dos ataques de Paris, que mataram 130 pessoas.

O suspeito teria regressado a Bruxelas depois dos ataques, encontrando-se ainda desaparecido.

Além de três locais que teriam servido para planejar os ataques, as forças belgas identificaram dez pessoas, das quais nove estão detidas.

Leia tudo sobre: bélgicaparisatentadofrançaautorsuspeito

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas