Coreia do Norte continuará trabalhando em bomba após teste, diz líder

Por Agência Lusa | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo agência oficial do governo do país, Kim Jong-un defendeu a importância do teste da bomba de hidrogênio

Líder norte-coreano, Kim Jong-un defende a necessidade do país ter armamento nuclear
KCNA/Sputnik
Líder norte-coreano, Kim Jong-un defende a necessidade do país ter armamento nuclear

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, reuniu-se com cientistas e técnicos que participaram do teste nuclear que o governo fez na semana passada. No encontro, ele defendeu a importância do teste como instrumento de convencimento.

A agência oficial KCNA detalha o encontrou em texto publicado nesta segunda-feira (11), que inclui uma fotografia de Kim Jong-un com os responsáveis pelo programa nuclear do regime norte-coreano, sem especificar, no entanto, a data em que ocorreu a reunião.

O texto diz que o líder da Coreia do Norte defendeu a necessidade de o país contar com um instrumento de dissuasão nuclear confiável. Acrescenta que Kim se mostrou confiante de que cientistas e técnicos  vão continuar a preparar “contínuos avanços” após “testar, com êxito, a bomba H”.

Os comunicados dos meios de comunicação estatais norte-coreanos, com declarações do líder, têm-se multiplicado desde o anúncio do governo, na quarta-feira (6), de que realizara o quarto teste nuclear e que, pela primeira vez, tinha detonado uma bomba de hidrogênio.

A bomba seria mais poderosa do que as detonadas pela Coreia do Norte nos testes anteriores (2006, 2009 e 2013). No entanto, há especialistas que duvidam que o país tenha conseguido desenvolver uma bomba H com base no alcance que a explosão ocorrida teve, considerando que provavelmente se tratou, na realidade, de uma arma de fissão potenciada.

O anúncio aumentou a tensão regional e desencadeou a condenação por parte de grande parte da comunidade internacional. O Conselho de Segurança da ONU  debate eventuais novas sanções ao regime norte-coreano.

Leia tudo sobre: coreia do nortekim jong-unnuclearbomba

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas