Atirador deixa dois mortos e sete feridos em bar no centro de Tel Aviv

Por BBC |

compartilhe

Tamanho do texto

Polícia de Israel iniciou operação de caçada a autor de disparos em área movimentada do centro da cidade, cheia de bares

BBC

Duas pessoas morreram e sete ficaram feridas depois que um homem abriu fogo com um rifle automático em um bar de Tel Aviv, de acordo com informações da polícia local. Imagens de câmeras de segurança mostram o suspeito tirando a arma da mochila e disparando.

Atirador atacou lugar movimentadom com bares e cafés, na abertura do fim de semana
BBC
Atirador atacou lugar movimentadom com bares e cafés, na abertura do fim de semana

Forças de segurança israelenses deram início a uma grande operação de caçada ao atirador e diferentes áreas da cidade foram isoladas. O incidente aconteceu na rua Dizengoff, uma área movimentada do centro da cidade, cheia de bares e cafés.

Os tiros aconteceram em meio a uma onda de ataques palestinos a israelenses que vêm acontecendo nos últimos meses. Um porta-voz da polícia disse à BBC que "as razões do incidente ainda são desconhecidas, não se sabe se foi um ataque terrorista ou ligado ao crime". Ele disse ainda que quatro dos atingidos sofreram ferimentos graves.

Segundo a imprensa israelense, o atirador teria sido identificado como um árabe israelense do norte do país. Citando fontes na polícia, o jornal The Times of Israel informou que o pai do suspeito teria reconhecido seu filho em imagens de câmeras de segurança e, em seguida, chamou a polícia.

O 1º de janeiro não marca o ano novo no Estado judeu, mas a tarde desta sexta-feira marcava o início do fim de semana em uma área "festeira" de Tel Aviv. A cidade tende a ser mais distante das tensões políticas e da violência que afetam outras partes de Israel e dos territórios palestinos ocupados.

Há especulações de que, se o bar for popular entre a comunidade gay, este pode ter sido um crime de ódio. Também existe a possibilidade de vínculo com o crime organizado. Mas, até que o autor dos disparos seja capturado, as motivações continuarão sendo especulação.

Um porta-voz do serviço de ambulâncias israelense, Zaki Heller, disse que pessoas dentro e fora do bar foram atingidas. "Alguns dos atingidos estavam dentro do bar. Três delas estavam no chão, inconscientes, e o resto foi encontrado na calçada", disse.

Imagens feitas em um mercado próximo mostram o atirador – que parece ser um homem jovem, usando óculos de proteção e vestido com roupas escuras – escolhendo frutas secas e castanhas. Pouco tempo depois, ele devolve todos os itens, tira um rifle de sua bolsa, sai da loja e é visto abrindo fogo.

Leia tudo sobre: ataqueatentadoisraelferidosmortos

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas