Ismael Omar Mostefai, de 29 anos, é um dos terroristas que atacaram a casa Le Bataclan. Ele é francês e esteve na Síria entre 2013 e 2014, de acordo com as autoridades francesas

Um dos terroristas responsáveis pelo ataque que deixou 89 pessoas mortas na casa de shows Le Bataclan, em Paris, teve sua identidade divulgada na noite deste sábado (14). De acordo com o jornal "Le Monde", trata-se do francês Ismael Omar Mostefai, de 29 anos. Sabia-se que a impressão digital pertencia a um cidadão francês, mas nenhum nome havia sido divulgado até então.

Nascido em 21 de novembro de 1985, em Courcouronnes, nos arredores de Paris, Omar tinha oito passagens pela polícia entre 2004 e 2010, mas por crimes como dirigir sem habilitação, desacato e possível ligação com tráfico de drogas.

O terrorista passou a ser alvo de interesse da inteligência francesa a partir de 2010 por ligações com extremistas. No entanto, de acordo com Jean-Pierre Gorges, prefeito de Chartres, onde Omar vivia, ele estava "sumido" desde 2012. De acordo com investigadores, ele saiu da França e esteve na Síria, país tomado por conflitos, entre 2013 e 2014.

Na noite de sexta-feira (13), Omar e mais dois homens, em um Polo preto, foram até o Bataclan armados com rifles AK-47 e coletes com explosivos. Eles abriram fogo contra o público, fizeram dezenas de reféns e acionaram suas bombas no momento em que a polícia entrou na casa de shows, deixando 89 mortos.

Neste sábado, autoridades francesas detiveram o pai e o irmão do terrorista para interrogá-los. Segundo informações da agência de notícias "AFP", o irmão de Omar, de 34 anos, já havia se apresentado à polícia antes de ser detido.


Balanço dos ataques em Paris

Até o momento, a França informou que os atentados terroristas de ontem deixaram 129 mortos e 352 feridos, 99 dos quais estão em estado grave. Este é o segundo ataque em solo francês em menos de um ano. Em janeiro, terroristas invadiram a redação do jornal "Charlie Hebdo" e mataram 12 pessoas.

    Leia tudo sobre: estado islâmico
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.