Em missa de Pentecostes, Papa fala sobre corrupção

Por Ansa |

compartilhe

Tamanho do texto

Discursos de Bergoglio contra corrupção são frequentes e já provocaram mal-estar com políticos italianos e mafiosos

O papa Francisco fez um apelo neste domingo (24), durante a missa de Pentecostes, no Vaticano, para que os fiéis lutem contra a corrupção.

"Protegido pelo Espírito e por seus múltiplos dons, tornamo-nos capazes de lutar contra o pecado e contra a corrupção, que se alarga no mundo dia após dia, e de nos dedicarmos com paciência perseverante às obras de justiça e paz", disse o Papa.

Os discursos de Jorge Margio Bergoglio contra a corrupção são frequentes e já provocaram mal-estar com políticos italianos e mafiosos.

Na missa, Francisco também ressaltou que a Igreja Católica "nasceu universal" e, por isso, não pode rejeitar ajuda a ninguém.

"Não se deve fechar a porta na cara de ninguém, nem mesmo aos mais pecadores", disse.

Segunda Guerra Mundial

Neste domingo, o Papa recordou os 100 anos da entrada da Itália na Segunda Guerra Mundial (1939-1945) e afirmou que o confronto foi um "massacre inútil". "Rezemos pelas vítimas, pedindo ao Espírito Santo o dom da paz", comentou.

Leia também: 

Sobrinho do papa sofre ameaça: "Vou te decapitar. Se não for você, será seu tio"

Papa critica precariedade no mercado de trabalho

Presidente da Itália pede batalha contra a máfia

Leia tudo sobre: mundopapacorrupção

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas