5 pessoas morrem em ação de atirador na Suíça, polícia descarta terrorismo

Por AP | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Atirador se matou após assassinar os sogros, o cunhado e um vizinho; ele poupou a mulher e três crianças, segundo a polícia

AP

Carro da polícia ao lado da casa onde atirador fez 4 vítimas, na cidade de  Wuerenlingen, na Suíça
Walter Bieri/Keystone via AP
Carro da polícia ao lado da casa onde atirador fez 4 vítimas, na cidade de Wuerenlingen, na Suíça

Cinco pessoas morreram na cidade de Wuerenlingen, na Suíça, por volta das 23h do horáriol local, no sábado (9). Segundo informou a polícia suiça neste domingo (10), entre as vítimas encontradas mortas em uma residência está o suspeito do crime. A polícia afastou a possibilidade de atentado terrorista. Todas as vítimas eram suíças.

Os vizinhos ouviram tiros, avisaram a polícia, que foi ao local e encontrou sinais de briga doméstica entre familiares, de acordo com informações do chefe da polícia da cidade, Michael Leupold.

O suspeito, um homem de 36 anos que vive em na cidade de Schwyz (ao sul de Zurique), teria matado três pessoas primeiro dentro da casa (um homem de 58 anos e outro de 32 anos, uma mulhuer de 57 anos), segundo informou o policial Markus Gisin. Depois, ao sair da casa, o atirador teria matado um vizinho de 46 anos e depois cometido o suicídio.

A mulher do atirador e três crianças não foram alvo do atirador.

Wuerenlingen é uma cidade de cerca de 4.500 pessoas a noroeste de Zurique, perto da fronteira alemã.

Leia tudo sobre: Suíçaatiradormortes

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas