Enfermeira é presa após dar socos em bebê de quatro dias na Bulgária; assista

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Se condenada, Emiliya Kovacheva pode pegar mais de 20 anos de cadeia; a pequena Nicole ainda se recupera dos ferimentos

Uma enfermeira foi presa após agredir com socos uma recém nascida em maternidade de Sofia, Bulgária, no início deste mês. As informações são dos sites "Metro UK" e "The Mirror".  

Veja abaixo:


Vídeo: Bebê quebra perna dentro de maternidade

Emiliya Kovacheva, que é mãe, foi filmada aparentemente atacando uma menininha de quatro dias de vida. A bebê, chamada Nicole, estava em observação no hospital Sofiamed quando sofreu as agressões. Ela ficou gravemente ferida e os médicos ainda trabalham para tratá-la.

Os promotores alegam que Emiliya ela estava frustrada porque o bebê não dormia e a puniu para impedi-la de acordar outras crianças na sala. Mas o ataque foi filmado e ela agora está enfrentando acusações de tentativa de homicídio, cuja sentença pode ultrapassar os 20 anos de prisão.

Maceió: Família de bebê arrastado vai depor

Enfermeira agrediu Nicole quando ela tinha apenas quatro dias de vida em hospital da Bulgária
Reprodução/Youtube
Enfermeira agrediu Nicole quando ela tinha apenas quatro dias de vida em hospital da Bulgária

Ela admitiu ter batido na bebê durante seu turno de 24 horas depois de ver as provas por meio de um vídeo. O porta-voz do hospital, Boriana Marinkova, disse que "A coisa mais importante para os pais neste momento é ver como será a recuperação da bebê. As outras coisas não são tão importantes."

Na internet, o post com as imagens tem recebido uma enxurrada de comentários. Uma seguidora no Facebook escreveu que "Esse vídeo é tão horrível que não consegui tirar essas imagens da minha mente desde que as vi". Outra afirmou que "Nunca vi nada tão horrível. Se você está estressado e acredita que está a ponto de cometer uma loucura, saia do prédio, vá ficar com um amigo, ligue para alguém que se importa".

Leia tudo sobre: bulgariabebesocosemilya kovacheva

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas