Vaticano vai absolver pecado do aborto em Ano Santo

Por Ansa | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Chefe da Nova Evangelização diz que missionários absolverão os pecados dos fiéis que se confessarem por seus erros

Durante todo o ano do Jubileu Extraordinário convocado pelo papa Francisco, missionários do Vaticano irão absolver os pecados dos cristãos católicos, incluindo o aborto, anunciou nesta terça-feira (5) um representante da Santa Sé.

Março: Papa Francisco diz ter sensação de que seu pontificado será breve

Papa lembrou também outros genocídios recentes (abril/2015)
AP Photo/Gregorio Borgia
Papa lembrou também outros genocídios recentes (abril/2015)

Ibope: Aprovação de papa é alta, mas católicos continuam deixando religião, diz estudo

De acordo com o chefe do dicastério vaticano da Nova Evangelização e coordenador do eventos do Ano Santo, Rino Fisichella, os chamados "missionários da misericórdia", que são os enviados do Papa às dioceses do mundo todo, terão o poder de absolver os pecados dos fiéis que se confessarem.

"Entre as faculdades do perdão que serão dadas aos missionários da misericórdia está a do aborto", confirmou Fisichella à ANSA.

O perdão será concedido não só às mulheres que tenham praticado o aborto, mas também aos médicos, agentes sanitários e todas as pessoas que tenham colaborado para o ato. No dia 13 de março, aniversário de dois anos de seu Pontificado, Francisco surpreendeu o mundo ao anunciar Ano Santo (Jubileu) Extraordinário, cujo tema será a misericórdia e que lembrará os 50 anos do Concílio Vaticano II.

A data será celebrada entre final de 2015 e 2016. Os jubileus, uma tradição judaica trazida pela Igreja Católica, acontecem a cada 25 anos. O último foi em 2000, portanto, o próximo deveria ser apenas em 2025.

Papa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: APPapa Francisco durante celebração do Domingo de Ramos, no Vaticano (13/04). Foto: AP

Suas edições extraordinárias são convocadas, no entanto, quando o Papa sente a necessidade de passar uma mensagem para o mundo e dar a oportunidade aos fiéis de se aproximem mais de Deus.

O Ano Santo é um período em que a Igreja Católica concede graças espirituais aos fiéis, como a expiação dos pecados. Segundo a tradição, esse é um tempo em que é mais fácil para o cristão alcançar as bençãos de Deus.

Leia tudo sobre: vaticanopapa franciscopapaaborto

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas