Adolescente invade escola e mata professor com flechada

Por BBC | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Armado com besta, jovem de 13 anos atacou outra professora e dois alunos em instituto de educação em Barcelona

BBC

Mulher fala ao celular junto à escola atacada; ataque que deixou um morto e quatro feridos
Emilio Morenatti/AP - 20.4.15
Mulher fala ao celular junto à escola atacada; ataque que deixou um morto e quatro feridos

Um professor morreu e três pessoas ficaram feridas depois que um jovem invadiu uma escola em Barcelona armado com uma besta, arma criada na Idade Média que parece uma espingarda mas usa flechas como munição [e é vista na série "Game of Thrones"].

O ataque ocorreu nesta segunda-feira (20) no Instituto Joan Fuster; o professor morto não estava na sala invadida pelo jovem, apenas tinha vindo ajudar depois de ouvir gritos. Entre os feridos está outra professora que recebeu uma flechada no abdome e a filha da professora, colega de classe do jovem que realizou o ataque. Outro aluno também ficou ferido, mas esses três estão fora de perigo.

Segundo testemunhas, o estudante chegou atrasado para a aula. Quando a professora abriu a porta da sala, ele disparou a besta contra ela. Depois, atacou a filha da professora e um outro aluno com um punhal.

Leia também:

- Estado Islâmico divulga vídeo com excecuções de cristãos etíopes na Líbia; veja

Tragédia no Mediterrâneo foi "genocídio", diz premiê de Malta após naufrágio de 700

A atiradora de flechas aparece diversas vezes em
Divulgação
A atiradora de flechas aparece diversas vezes em "Game o Thrones", como nesta cena do personagem Joffrey Baratheon (Jack Gleeson)

A polícia catalã não revelou a identidade do jovem, disse apenas se tratar de um estudante de 13 anos. A lei da Espanha determina que menores de 14 anos que cometem crimes não podem ser presos ou responsabilizados. Em casos como este, as autoridades tomam medidas educativas junto à família do menor.

No momento, o adolescente está sob a custódia da polícia.

Os motivos do ataque ainda não são conhecidos. Colegas do estudante informaram à imprensa local que ele levava uma lista com nomes das pessoas que queria atacar. Nesta lista estavam professores e outros alunos. Além disso, os adolescentes afirmam que o estudante queria matar todos os professores.

Prefeito de Barcelona, Xavier Trias (ao centro), deixa a escola onde houve o ataque. Foto: Emilio Morenatti/AP - 20.4.15Policiais patrulham o entorno da escola atacada. Foto: Emilio Morenatti/AP - 20.4.15Jovens se abraçam junto à escola onde ocorreu o ataque. Foto: Emilio Morenatti/AP - 20.4.15Estudantes junto à escola atacada pelo adolescente. Foto: Emilio Morenatti/AP - 20.4.15População se aglomera junto  à escola . Foto: Emilio Morenatti/AP - 20.4.15Mulher junto à escola atacada pelo adolescente. Foto: Emilio Morenatti/AP - 20.4.15Mulher fala ao telefone junto à escola atacada. Foto: Emilio Morenatti/AP - 20.4.15

 

Leia tudo sobre: espanhacrimeescola

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas