Estado norte-americano da Geórgia legaliza maconha para uso medicinal

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Governador disse que lei dará alívio aos que sofrem de dores; estado tornou-se o 24º a legalizar a maconha para uso médico

Agência Brasil

A Geórgia tornou-se o 24º estado norte-americano a legalizar a maconha para uso médico, informa a Agência France Press.

Fevereiro: Capital dos EUA legaliza o uso da maconha

Veja marcha pela legalização do consumo da droga no Uruguai

Uruguaio fuma maconha durante marcha a favor da legalização (10/12). Foto: ReutersGrupo realizou marcha chamada ´Última demonstração com a maconha ilegal' nesta terça-feira (10/12). Foto: ReutersPessoas se dirigiram até o Congresso para esperar o anúncio da legalização da maconha (10/12). Foto: ReutersProjeto foi aprovado após 11 horas de discussão no Senado, após ter passado pela Câmara (10/12). Foto: ReutersMultidão aguardando decisão sobre a legalização da maconha (10/12). Foto: ReutersDurante marcha a favor da legalização da maconha, uruguaios mostravam símbolo da cannabis sativa (10/12). Foto: Reuters

2014: Washington DC, nos EUA, legaliza uso recreativo da maconha

O governador Nathan Deal disse, em comunicado, que a lei vai proporcionar alívio aos que sofrem de dores desnecessárias devido à incapacidade de obter a droga legalmente e àqueles que tinham de viajar para conseguí-la.

A lei da Geórgia descriminaliza a posse de maconha utilizada na forma de óleo para aliviar o sofrimento causado por doenças como Parkinson, câncer, esclerose múltipla e epilepsia.

A questão do uso da maconha na medicina tem mudado nos últimos anos, estando a droga disponível para uso médico em quase metade dos estados norte-americanos. O uso recreativo do produto é permitido no Colorado e em Washington. A maconha continua, no entanto, a ser considerada uma substância ilegal pela lei federal.

Leia tudo sobre: maconhaeuageorgiawashington

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas