Obama não é responsável pelo passado, diz Castro

Por Ansa | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Presidente Barack Obama solicitou ao Congresso dos Estados Unidos a suspensão do embargo econômico a Cuba

O presidente de Cuba, Raúl Castro, disse neste sábado (11) que o norte-americano Barack Obama é "honesto" e "humilde" e não é  responsável pelo passado. O discurso foi feito durante a 7ª Cúpula das Américas, que está sendo realizada na Cidade do Panamá. 

Raúl Castro disse que Obama "não é responsável pelos dez presidentes que o precederam". Ele ainda afirmou que "aplaude a corajosa decisão" de Obama de querer melhorar as relações entre os países, mas diz que "a Venezuela não é ameaça aos EUA"

Barack Obama e Raúl Castro se cumprimentaram no primeiro dia da Cúpula das Américas
AP Photo

Durante seu discurso, o presidente dos Estados Unidos confirmou que solicitou ao Congresso norte-americano a suspensão do embargo econômico a Cuba.

"Queremos restabelecer as relações diplomáticas. Já solicitei ao Congresso que comece a trabalhar para suspender o embargo vigente há décadas. Vamos olhar para o futuro. Não estou interessado em combater batalhas que iniciaram antes do meu nascimento. A Guerra Fria acabou há muito tempo", destacou.

Citando a primeira participação de Cuba no evento, Obama ressaltou que essa é "uma ocasião histórica" para o continente.

Além disso, o mandatário informou que os Estados Unidos irão liberar US$ 1 bilhão para ajudar no crescimento da América do Sul para "enfrentar o problema da pobreza e da injustiça".

Primeiro encontro desde bloqueio

O  encontro oficial entre Obama e Castro está marcado para este sábado (11) durante a primeira reunião formal de um presidente em exercício americano com um par cubano desde que Dwight Eisenhower se sentou com Fulgencio Batista em 1958. 

A reaproximação histórica entre os dois rivais deve dominar as atenções na Cúpula das Américas, quatro meses depois de Washington e Havana terem anunciado os primeiros passos da dos esforços para reatar laços diplomáticos e comerciais.

Durante discurso na Cúpula das Américas, Raúl Castro isentou Obama de responsabilidades (11/04/2015). Foto: AP PhotoDurante discurso na Cúpula das Américas, no Panamá, Raúl Castro comemorou o retorno de Cuba ao encontro de líderes internacionais. Foto: AP PhotoBarack Obama e Raúl Castro se encontram na Cúpula das Américas, na Cidade do México (11/04/2015). Foto: AP PhotoA Cúpula das Américas deste ano marcou a reaproximação entre EUA, de Barack Obama, e Cuba, de Raúl Castro. Foto: AP PhotoDilma participa da 7ª Cúpula das Américas. Foto: Stuckert Filho / PR/ Fotos PúblicasDilma participa da 7ª Cúpula das Américas. Foto: Stuckert Filho / PR/ Fotos PúblicasDilma participa da 7ª Cúpula das Américas. Foto: Stuckert Filho / PR/ Fotos PúblicasDilma participa da 7ª Cúpula das Américas. Foto: Stuckert Filho / PR/ Fotos PúblicasDilma participa da 7ª Cúpula das Américas e de encontros bilaterais
. Foto: Stuckert Filho / PR/ Fotos Públicas


Leia tudo sobre: CubaRaul CastroBarack Obama

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas