Réu abre fogo em tribunal de Milão, Itália, e deixa ao menos quatro mortos

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo ministro italiano, o suspeito foi capturado pela polícia enquanto tentava deixar o local utilizando uma motocicleta

Um homem armado abriu fogo contra um tribunal de Milão nesta quinta-feira (9) matando um juiz e outras três pessoas antes de ser capturado tentando fugir em uma moto, de acordo com reportagens e informações do ministro do Interior da Itália.

2012: Atiradores disparam em presidente de empresa nuclear italiana

Mulher chora ao sair do edifício de um tribunal em Milão, Itália, depois de um homem abrir fogo no local
AP
Mulher chora ao sair do edifício de um tribunal em Milão, Itália, depois de um homem abrir fogo no local

Vídeo: Máfia faz emboscada e atira em praça no sul da Itália

Testemunhas relataram que tentaram se esconder em seus escritórios enquanto a polícia caçava o atirador. Os funcionários seguiram para fora do local, mulheres na frente seguidas pelos homens. Todos tiveram seus cartões de identificação do tribunal checados.

A agência de notícias ANSA informou que o presidente do tribunal de apelações, Giovanni Canzio, identificou o juiz morto como Fernando Ciampi. Citando fontes policiais, a ANSA disse ter havido outras três mortes - Um dos feridos que estava em condições graves, Giorgio Erba, não resistiu.

Segundo a ANSA e outras agências de notícias, o suspeito estava no tribunal nesta quinta-feira por causa de um processo de falência. O ataque levantou questões sobre a segurança do local, já que visitantes devem passar por detectores de metal para ter acesso ao tribunal.

O tribunal tem detectores de metal nas quatro principais entradas, mas os advogados e funcionários da instituição com identificações oficiais entram sem precisar passar pela vistoria. Os funcionários que conseguiram escapar relataram que o atirador pode ter facilmente entrado sem passar pelo detector porque estava acompanhado por seu advogado.

*Com AP e Ansa

Leia tudo sobre: italiamassacre na italiaciampi

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas