Pai e seus sete filhos são encontrados mortos dentro de casa em Maryland, EUA

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Todd e as crianças podem ter sido envenenados por monóxido de carbono, já que ele utilizava gerador para aquecer a família

O pai encontrado morto com seus sete filhos em Maryland, EUA, tentava manter a família aquecida com auxílio de um gerador, já que sua energia elétrica havia sido cortada depois de atrasar o pagamento da conta, disse um parente da vítima.

2014: Pai é suspeito de matar os cinco filhos nos Estados Unidos

Espectadores se reúnem fora da casa onde a polícia diz que sete crianças e um adulto foram encontrados mortos em Maryland, EUA (6/04)
AP
Espectadores se reúnem fora da casa onde a polícia diz que sete crianças e um adulto foram encontrados mortos em Maryland, EUA (6/04)

Vídeo: Filho mata pai a tijoladas e marteladas no interior de SP

Lloyd Edwards disse à Associated Press que seu enteado, Rodney Todd, 36, tinha comprado o gerador depois de a energia ter sido desligada em Princess Anne, costa leste de Maryland. 

"Todd comprou o gerador para manter sua família aquecida", disse Edward, adicionando que "O monóxido de carbono os consumiu."

Lloyd e Bonnie Edwards se identificaram como mãe e padrastro da vítima ao falarem com a Associated Press do lado de fora da casa. O chefe da polícia de Princess Anne, Scott Keller, disse à AP que um generator foi encontrado sem gasoline na cozinha da casa onde os corpos foram encontrados na segunda-feira (6).

Um comunicado da polícia disse apenas que a causa das mortes permanece sob investigação e identificou os corpos como sendo de um adulto e de sete crianças e adolescentes com idade a partir dos 6 anos, sem nomeá-los.

Segundo a polícia, os policiais encontraram a família em casa e sem vida após um colega de trabalho do americano ter entrado em contato com as autoridades, já que estava preocupado por não ter visto o homem há vários dias.

Matt Likovich, porta-voz da empresa de energia elétrica, não confirmou se a energia elétrica havia sido cortada de fato. Ele disse que o assunto está sendo investigado. As pessoas se abraçavam do lado de fora da casa enquanto policiais estavam e os investigadores inspecionavam o local. A residência foi isolada com fita amarela da polícia.

"É tão difícil", disse o padrasto da vítima, Lloyd Edwards.

Bonnie Edwards, a mãe de Todd, identificou os filhos do homem como os meninos Cameron, 13, e Zycheim, 7; e as meninas Tynijuiza, 15; Tykira, 12; Tybree, 10; Tyania, 9; e Tybria, 6.

Bonnie Edwards descreveu seu filho como amoroso e cuidadoso que era um exemplo para os filhos. "Eu não conheço nenhum jovem que teria feito o que ele fez para seus filhos, disse ela". "Estava tão orgulhoso em dizer que ele estava cuidando dos seus sete filhos."

Stephanie Wells, chefe da vítima, afirma ter alertado a polícia depois de não ter mais visto Todd desde o dia 28 de março. Na segunda de manhã ela bateu na porta da casa dele, mas ninguém respondeu. Ela, então, entrou com uma ocorrência de pessoa desaparecida.

*Com AP

Leia tudo sobre: euamarylandwells

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas