Comitê da Cruz Vermelha enviará ajuda humanitária ao Iêmen

Por Ansa | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Comitê Internacional da Cruz Vermelha (ICRC) visa a organizar voos com carregamentos humanitários para a capital do país

A Organização das Nações Unidas (ONU) acredita que mais de 500 pessoas morreram nas últimas duas semanas no Iêmen, que está sendo bombardeado por uma coalizão liderada pela Arábia Saudita para conter rebeldes xiitas houthis que tentam tomar o poder.

Bombardeios: Rebeldes xiitas controlam Porto de Aden, o principal do Iêmen

Forças Reais Sauditas e unidades das Forças Especiais do Exército paquistanês participam de exercício militar conjunto no campo Shamrakh, norte da região Baha (30/03)
AP
Forças Reais Sauditas e unidades das Forças Especiais do Exército paquistanês participam de exercício militar conjunto no campo Shamrakh, norte da região Baha (30/03)

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (ICRC) pretende organizar dois vôos emergenciais com carregamentos humanitários para a capital do país, Sanaa.

A entidade também está aguardando respostas sobre a possibilidade de enviar médicos a Aden, cidade que tem sido palco de violentos confrontos recentemente. Segundo a emissora Al-Arabiya, os sauditas disponibilizaram 100 caças e 150 mil soldados para a ofensiva em Aden.

Já o presidente reconhecido pela comunidade internacional, Abd Rabbuh Mansur al-Hadi, fugiu da cidade pelo mar e sua localização atual é desconhecida.

Além da Arábia Saudita e do próprio governo do Iêmen, a Jordânia, o Egito, o Marrocos, o Sudão, o Paquistão, os Emirados Árabes Unidos, o Catar, o Bahrein e o Kuwait também apoiam os ataques.

A Itália, por sua vez, tem demonstrado preocupação com os acontecimentos. "A Itália está acompanhando de perto e com preocupação os dramáticos eventos no Iêmen, um país que enfrenta a ameaça do terrorismo e uma grave crise econômica e social", disse o chanceler de Roma, Paolo Gentiloni.

Leia tudo sobre: iemencruz vermelhaicrconu

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas