Americano é resgatado após ficar mais de dois meses perdido no mar

Por BBC |

compartilhe

Tamanho do texto

Louis Jordan havia sido visto pela última vez ao sair para pescar; ele sobreviveu apenas com peixe cru e água da chuva

BBC

Um americano que passou mais de dois meses perdido no mar foi resgatado após aparentemente sobreviver de peixe cru e água da chuva. Louis Jordan, 37 anos, foi encontrado na quinta-feira (02) por um petroleiro alemão localizado a 320 km da costa do estado americano da Carolina do Norte, nos EUA.

Louis Jordan: ele havia sido visto pela última vez no mês de janeiro, na Carolina do Norte
AP
Louis Jordan: ele havia sido visto pela última vez no mês de janeiro, na Carolina do Norte

Seu veleiro de 35 pés adernou e Jordan permaneceu durante todo o período à deriva, sentado no casco da embarcação, de onde foi içado com segurança. A família de Jordan comunicou seu desaparecimento no final de janeiro – e o pai disse ter ficado surpreso ao reencontrá-lo com vida.

Leia mais:
Marinheiro é resgatado depois de três dias no fundo do mar

"Eu pensei que eu o tinha perdido", afirmou ele ao falar com o filho após o resgate. No telefonema, divulgado à imprensa, Jordan pede desculpas ao pai por não poder "ter voltado para casa". "Estou bem agora", disse ele.

Em entrevista à rede de TV WITN, Ryan Doss, da Guarda Costeira de Miami, afirmou que Jordan sobreviveu à deriva no Oceano Atlântico comendo apenas peixe cru e bebendo água da chuva.

A Guarda Costeira americana disse, por meio de um comunicado, que transportou Jordan de helicóptero do navio alemão para um hospital em Norfolk, no Estado da Virgínia.

À rede de TV americana CNN, o pai de Jordan afirmou que nunca perdeu as esperanças de encontrar o filho vivo. O americano foi visto pela última vez no dia 23 de janeiro, após ter saído para pescar em seu veleiro da cidade de Conway, na Carolina do Norte.

Leia também:
Britânico cai no mar em tempestade e é resgatado 1h30 depois; assista
Homem nu é resgatado de mar repleto de tubarões na Austrália

Ainda não se sabe por que a embarcação adernou, embora a imprensa americana tenha dito que o mastro do veleiro foi encontrado rompido pela metade.

Leia tudo sobre: perdido no maramericano

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas