A televisão síria confirmou o ataque a Majaoubé, situado a leste de Hama, afirmando que ele tinha sido repelido

Agência Brasil

Os jihadistas do grupo Estado Islâmico executaram hoje (31) pelo menos 30 pessoas, entre elas crianças, em um ataque contra localidade da província de Hama, no centro da Síria, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Veja também:

Estado Islâmico decapita e queima crianças vivas, diz ONU

“O Estado Islâmico fez hoje um ataque contra a localidade de Majaoubé, onde vivem sunitas, alauitas e ismaelitas. Executaram a tiros, queimaram e decapitaram pelo menos 30 pessoas, entre elas mulheres e crianças”, disse à agência France Press o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahmane.

A televisão síria confirmou o ataque a Majaoubé, situado a leste de Hama, afirmando que ele tinha sido repelido.

O OSDH informou que a organização se retirou e que a aviação militar bombardeou posições do grupo, que tenta cortar a única estrada controlada pelo regime, que liga Homs a Alepo.

Nos dias 20 e 21 de março, mais de 83 integrantes das forças do regime e apoiadores foram mortos em ataques do Estado Islâmico na mesma região.

Lembre os decapitados pelo Estado Islâmico no Iraque:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.