Pai de Lubitz esteve na cerimônia em povoado vizinho com parentes dos tripulantes, segundo presidente da câmara

Agência Brasil

O pai de Andreas Lubitz, o copiloto do avião da Germanwings que bateu contra uma montanha nos alpes franceses com 150 pessoas a bordo, está completamente abatido, disse hoje (28) o presidente da câmara da localidade próxima de Prads-Haute-Bléone, onde caiu o avião da Germanwings.

Veja também:

Copiloto da Germanwings prometia gesto para que todos lembrassem dele

Fiscalização em aviões deve ficar mais rígida após acidente no sul da França

Bernard Bartolini, que preside a câmara, declarou, em entrevista à televisão francesa, que o pai de Andreas Lubitz sente a responsabilidade do drama e passa por angústia extrema.

O conteúdo da caixa-preta encontrada indica que o copiloto foi o responsável pela colisão do avião contra as montanhas, depois de aproveitar a ausência do comandante da cabine.

Bartolini disse ainda que, na quinta-feira (26), o pai de Lubitz participou de cerimônia no povoado vizinho de Le Vernet com parentes dos tripulantes. Algumas pessoas procuravam, segundo Bartolini, levar com eles pedaços de terra ou pedras como sinal de luto.



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.