Empresa irá providenciar nesta quinta-feira voos que sairão da Espanha e da Alemanha; airbus caiu Sul da França e matou 150

Jornal francês La Provence divulgou o que seriam imagens do local em que caiu o avião
Reprodução
Jornal francês La Provence divulgou o que seriam imagens do local em que caiu o avião

Os parentes das vítimas do acidente com o avião da Germanwings, ocorrido nesta quarta-feira (25) no Sul da França, serão levados para uma cidade mais próxima do local da tragédia. A Lufthansa irá providenciar nesta quinta-feira (26) dois voos: um sairá da Espanha e outro da Alemanha.

"Estamos organizando, com as autoridades francesas, a possibilidade de fazer isso na quinta-feira", disse o presidente executivo da companhia aérea alemã, Carsten Spohr, durante entrevista à imprensa. "Teremos um voo especial da Lufthansa que partirá de Barcelona amanhã, às 8h45, rumo a Marselha", acrescentou, explicando que, com o apoio das autoridades francesas, será possível "deslocar os parentes e amigos das vítimas para um centro de assistência familiar próximo do local do acidente".

Leia também:

Airbus A320 da Germanwings levava passageiros de 15 nacionalidades

O que se sabe sobre o acidente de avião que matou 150 nos alpes franceses

Avião foi pulverizado e resgate pode levar uma semana, dizem autoridades

Outro avião sairá da cidade alemã de Dusseldorf para Marselha, às 8h40, informou a Lufthansa em um comunicado. "Dentro dos parâmetros de segurança da investigação [ao acidente], os parentes [das vítimas] que decidam viajar para Marselha serão levados para um local tão próximo quanto possível do local do acidente", diz a nota.

O Airbus A320 da companhia de baixo custo alemã Germanwings, de propriedade da Lufthansa, decolou na manhã de terça-feira de Barcelona, com destino a Dusseldorf, mas caiu nos alpes franceses, perto da localidade de Barcelonnette, na região de Digne-les-Bains, matando as 150 pessoas que estavam a bordo. (Agência Lusa)


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.