François Hollande diz que acidente não deve ter sobreviventes

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

A aeronave caiu nos Alpes Franceses com 148 passageiros a bordo. O avião tinha saído de Barcelona e ia para Dusseldorf

Em pronunciamento à nação, o presidente da França François Hollande afirmou na manhã desta terça-feira (24) que não deve haver sobreviventes no acidente com o avião Airbus A320 que caiu nos Alpes Franceses.

A aeronave, da empresa Germanwings - que pertence à Lufthansa -, havia partido de Barcelona, na Espanha, e deveria pousar em Dusseldorf, na Alemanha, com 148 pessoas, entre passageiros e tripulantes. 

+ Avião com 148 passageiros cai no sul da França

"As condições do acidente nos fazem pensar que não há nenhum sobrevivente", disse. Segundo ele, o avião caiu em uma região de difícil acesso. A mídia francesa informa que os destroços estão na região de Méolans-Revel, nos Alpes.

O presidente da França François Hollande disse em pronunciamento à nação que não deve haver sobreviventes no avião
Reprodução/TV5
O presidente da França François Hollande disse em pronunciamento à nação que não deve haver sobreviventes no avião



A identidade dos passageiros ainda não é conhecida, mas é provável que haja muitos cidadãos espanhóis e alemães entre as vítimas.

O ministro do interior da França, Bernard Cazeneuve, foi enviado para o local do acidente, que está a uma altitudo de 2.000 metros.

"Esperamos que não haja outras consequências do acidente", disse o presidente, na esperança de que o avião não tenha atingido casas, já que se trata de uma região de difícil acesso. 

Hollande deve encontrar ainda hoje o rei da Espanha Filipe VI e a chanceler alemã Angela Merkel.

Leia tudo sobre: françaacidente aéreo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas