"Cena de horror", diz ministro alemão ao visitar local de acidente aéreo

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Tragédia nos alpes franceses deixou 150 vítimas fatais; avião da Germanwings se desintegrou no ar após colidir com montanha

O ministro de Relações Exteriores da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, ficou impressionado com a cena que presenciou ao fazer um voo sobre a área onde caiu o Airbus A320 da companhia aérea Germanwings, nesta terça-feira (24). O acidente aconteceu após o avião colidir com uma montanha a 3 mil metros de altura e, segundo as autoridades, desintegrar no ar.

O ministro de Relações Exteriores alemão, Frank-Walter Steinmeier: chocado com cenas que viu
Divulgação
O ministro de Relações Exteriores alemão, Frank-Walter Steinmeier: chocado com cenas que viu

"É uma cena de horror", definiu Steinmeier. Imagens do local da queda mostram inúmeros fragmentos e uma roda da aeronave. De acordo com Gilbert Sauvan, maior autoridade na região de Haute Provence, no sul do país, não há sinal de nenhuma peça da aeronave no solo que seja maior do que um pequeno carro.

Leia mais:
Famosos cantores de ópera e professores estão entre vítimas de acidente aéreo

"As imagens são assustadoras. Não há nada além de destroços e de corpos", afirmou nas redes sociais o parlamentar francês Christophe Castaner. Ele sobrevoou o local do acidente onde caiu o avião A320 que seguia de Barcelona, na Espanha, em direção a Dusseldorf, na Alemanha.

A caixa-preta foi encontrada cerca de três horas após a tragédia, que ocorreu por volta das 11h (7h no horário de Brasília).

Veja fotos da tragédia ocorrida nos alpes franceses:

Alunos fazem homenagem para vítimas do voo 4U9525. Entre os mortos estão 16 estudantes alemães. (24/03/2015). Foto: APAlunos fazem homenagem para vítimas do voo 4U9525. Entre os mortos estão 16 estudantes alemães. (24/03/2015). Foto: APAlunos fazem homenagem para vítimas do voo 4U9525. Entre os mortos estão 16 estudantes alemães. (24/03/2015). Foto: APAlunos fazem homenagem para vítimas do voo 4U9525. Entre os mortos estão 16 estudantes alemães. (24/03/2015). Foto: APImagens do local em que caiu o avião A320 com destino a Dusseldorf. Foto: APImagens do local em que caiu o avião A320 com destino a Dusseldorf. Foto: APImagens do local em que caiu o avião A320 com destino a Dusseldorf. Foto: APImagens do local em que caiu o avião A320 com destino a Dusseldorf. (24/03/2015). Foto: APJornal francês Le Dauphine Liberé divulga o que seria a primeira imagem da área em que caiu o A320 nos alpes franceses, que levava 150 pessoas a bordo (24/03/2015). Foto: Reprodução/Le Dauphine LiberéJornal francês La Provence divulgou o que seriam imagens do local em que caiu o avião A320 com destino a Dusseldorf. Foto: ReproduçãoJornal francês Le Dauphine Liberé divulga o que seria a primeira imagem da área em que caiu o A320 nos alpes franceses, que levava 150 pessoas a bordo. Foto: ReproduçãoExército helicópteros de resgate parque em Seyne, Alpes franceses (24.03.15). Foto: APEquipes de resgate esperam para atender vítimas do acidente aéreo na França. Foto: Reprodução/TwitterEquipes de resgate esperam para atender vítimas do acidente aéreo na França. Foto: Reprodução/TwitterImagem da região do acidente aéreo nos Alpes Franceses . Foto: Reprodução/TwitterFamiliares confortam parentes das vítimas do acidente com o voo 4U9525 (24/03/2015)  . Foto: APFamiliares confortam parentes das vítimas do acidente com o voo 4U9525 (24/03/2015)  . Foto: APFamiliares devítimas do voo 4U9525 chegam ao aeroporto de Barcelona (24.03.15) . Foto: APFamiliares devítimas do voo 4U9525 chegam ao aeroporto de Barcelona (24.03.15). Foto: AP Chorando as pessoas chegam no aeroporto de Duesseldorf, Alemanha, terça-feira, 24 de marco, 2015. Foto: APHomem esperando pelo voo 4U9525 no aeroporto de Duesseldorf, Alemanha, terça-feira, 24 de março, 2015. Foto: APAirbus A320 cai com 148 pessoas da França. Foto: APAirbus A320 cai com 148 pessoas da França. Foto: APAirbus A320 cai com 148 pessoas da França. Foto: APAirbus A320 cai com 148 pessoas da França. Foto: AP

"Não há nada além de destroços e de corpos", escreveu Castaner a seus seguidores. A companhia aérea Germanwings afirmou em seu Twitter que o voo 4U9525 tinha 144 passageiros, incluindo dois bebês, e seis tripulantes a bordo – totalizando 150 pessoas.

O governo espanhol confirmou que 45 pessoas com sobrenome espanhol estavam dentro do avião.

Na noite desta terça-feira, o Ministério das Relações Exteriores da Colômbia anunciou que dois cidadãos do país sul-americano, Maria del Pilar Tejada, de 33 anos, e Luis Eduardo Medrano, 36 anos, também estavam no voo. Autoridades da Holanda e da Bélgica afirmam que ao menos um cidadão de cada um dos países estava na lista de passageiros. Além deles, dois australianos morreram no acidente, segundo Julie Bishop, ministro do Exterior da Austrália.

Leia também:
"Não há nada além de destroços e de corpos", diz parlamentar francês
Caixa-preta de avião que ia à Alemanha é encontrada nos alpes franceses
Vídeo mostra local onde o Airbus A320 caiu com 150 pessoas na França

Astros da ópera estão entre as vítimas
Em sua página no Facebook, o Gran Teatre del Liceu, de Barcelona, afirmou que Oleg Bryjak e Maria Radner, dois famosos cantores de ópera que se apresentaram recentemente no local na produção "Siegfried", morreram no voo. A casa de espetáculos Dusseldorf Oper am Rhein disse em sua página no Twitter que Btyjak se apresentava no espaço desde 1996.

"A cidade inteira está em choque e podemos sentir isso em todo os lugares", lamentou em coletiva de imprensa o prefeito de Haltern, Bodo Klimpel. "Foi a pior coisa que poderia acontecer."

De acordo com a companhia aérea Germanwings, empresa de voos de baixo custo pertencente à alemã Lufthansa, ao menos 67 pessoas da Alemanha estavam a bordo do avião, sendo 16 estudantes e dois professores da cidade de Haltern am See, na região oeste do país. O número ainda pode aumentar com o desenrolar das investigações. 

Alunos fazem memorial para colegas mortos em queda de avião, nesta terça-feira, na Alemanha
AP Photo
Alunos fazem memorial para colegas mortos em queda de avião, nesta terça-feira, na Alemanha


Acidente nos alpes
O avião do Voo 4U9525 perdeu altitude por oito minutos até a colisão, informou o porta-voz da Germanwings, Thomas Winkelmann, em coletiva de imprensa.

O voo da empresa Germanwings, bandeira de baixo custo da Lufthansa, decolou de Barcelona, às 8h35, e deveria ter pousado em Dusseldorf, na Alemanha, por volta das 11h (hora local). No entanto, a torre de controle francesa perdeu contato com a aeronave às 10h53, segundo o jornal francês Le Figaro.

Os dados recolhidos por uma série de radares amadores no site Flightradar.fr mostram que após a decolagem o avião voou sobre o mar Mediterrâneo até atingir a altitude de mais de 30 mil pés.

A área da queda fica localizada a cerca de 900 metros do maciço "Trois Evechés". Um grupo de ao menos 240 pessoas – entre bombeiros e policiais – estão no local para ajudar nas buscas.

* Com agências de notícias e sites internacionais

Leia tudo sobre: germanwingsacidente aéreo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas