Tamanho do texto

Declaração vai contra o que negociadores europeus disseram na semana passada, de que um acordo estaria "muito longe"

O presidente do Irã, Hassan Rohani, afirmou neste sábado (21) que é "possível" fechar um acordo com as grandes potências sobre o programa nuclear de Teerã.

"Eu acredito que um acordo é possível. Não há nada que não possa ser resolvido", disse o Rohani, de acordo com a agência de notícias IRNA. Na próxima quarta-feira (25), as negociações entre o Irã e as grandes potências serão retomadas, após uma rodada de discussões com os Estados Unidos em Lausanne, na Suíça.

Leia também:  Crescem dúvidas sobre acordo nuclear com Irã; entenda impasse

A declaração de Rohani vai contra ao que negociadores europeus disseram na semana passada, de que um acordo estaria "muito longe". "Houve diferenças sobre algumas questões, mas pontos de vista comuns surgiram e podem ser a base para um acordo final", explicou o presidente do Irã.

Por sua vez, o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, afirmou hoje que foi registrado um "progresso genuíno" nas negociações, mas que ainda há "lacunas importantes".

"Os Estados Unidos querem um acordo abrangente e durável, cuja implementação se baseie não em confiança, mas em verificação intensiva", ressaltou Kerry.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.