Coquetel que inclui heroína e veneno de rato se dissemina na África do Sul

Por BBC |

compartilhe

Tamanho do texto

Droga altamente viciante também mistura maconha, remédios antirretrovirais, vinagre e cloro; dose custa somente US$ 2

BBC

Consequências do uso prolongado da droga são devastadoras
BBC
Consequências do uso prolongado da droga são devastadoras


Em um distrito pobre da África do Sul jovens estão usando um novo tipo de droga: o nyaope - uma mistura de heroína, maconha, componentes de veneno de rato, remédios antirretrovirais, vinagre e cloro.

Ela custa só US$ 2 a dose e é altamente viciante. Seu uso está está sendo ligado a uma elevação na criminalidade em algumas comunidades.

As consequências de um uso prolongado são devastadoras.

A comunidade decidiu resolver o problema sem esperar ajuda do governo. Os centros privados de reabilitação são cada vez mais populares.

O dono de um deles é Oupa Segone, que perdeu um filho para as drogas e por isso decidiu abrir um centro de reabilitação particular.

Ele usa a terapia de grupo em uma fazenda para tentar dar uma vida normal a jovens viciados no nyaope.

Confira o vídeo:

Coquetel de drogas que inclui heroína e veneno de rato se dissemina na África do Sul

Veja obras de arte que estão relacionadas às drogas:

O artista pós-moderno islandês Erró compara nessa obra, "A Dose", inspirada em histórias em quadrinhos, a seringa usada por viciados a uma arma.. Foto: BBCO americano Bryan Lewis Saunders relata em suas obras a quantidade de droga ingerida por ele, como nesse "autorretrato sob efeito de droga (meio grama de cocaína)". Foto: BBCesde 1995, Bryan Lewis Saunders realiza ao menos um autorretrato por dia. Nesta obra, o artista havia consumido cristais de metanfetamina. Foto: BBCInstalação da artista japonesa Yayoi Kusama. O visitante pode entrar nesta obra, que tenta reproduzir as alucinações visuais provocadas por psicotrópicos. Foto: BBC“A Última Ceia” é uma serigrafia do artista britânico Damien Hirst, que substitui Jesus e os 12 apóstolos por caixas de remédios. Foto: BBC"O poeta exala" é uma foto do poeta, dramaturgo e cineasta francês Jean Cocteau, feita em 1959 pelo fotógrafo Lucien Clergue. Foto: BBCFotógrafo espanhol Alberto Garcia-Alix representa o cotidiano dos viciados em drogas. Foto: BBCObra do francês Daniel Pommereulle. Sua exposição “Objetos de tentação”, com mesas cheias de drogas e objetos para consumi-las, provocou escândalo nos anos 60. Foto: BBCO pintor austríaco Arnulf Rainer realiza a série “Faces Farces” de autoretratos após ter tido alucinações com o LSD. Foto: BBC


Leia tudo sobre: áfrica do sulcoqueteldrogasheroínavenenorato

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas